A reencarnação espiritismo: o que é e como funciona

//A reencarnação espiritismo: o que é e como funciona

Um dos grandes diferenciais do espiritismo em relação a outras religiões é a acreditar na reencarnação. Para o Kardecismo (como também é conhecida a religião) o espírito pode voltar ao plano dos encarnados muitas vezes. Volta a viver em um outro corpo, outra vida e com outra família, dando assim continuidade a seu aprendizado. A reencarnação espiritismo é algo necessário para a evolução e aprendizado contínuo em busca da perfeição.

A reencarnação faz parte do processo de aprendizado do espírito enquanto ser imperfeito, ajudando também a cumprir os desígnios divinos.

Saber Mais

Encarnação e reencarnação: entendendo a diferença

As duas palavras são semelhantes mas diferentes em conceitos. ‘Encarnar’ significa ganhar um corpo material para ter uma vida em um dos mundos, não necessariamente no planeta Terra. Enquanto espírito somos feitos de energias para formar o que alguns conhecem como alma, energias universais e sem um corpo com carne e osso. Isso se chama matéria.

reencarnação espiritismo

A reencarnação espiritismo é definida como a volta do espírito para ao mundo material

Quando um espírito encarna pela primeira vez dizemos que ele está ‘encarnando’. Da segunda experiência em diante denomina-se ‘reencarnar’. A reencarnação espiritismo é definida como a volta do espírito para ao mundo material. Onde ganhará um novo corpo, novos parentes sanguíneos e uma nova vivência que pode durar poucos dias ou alguns anos.

A encarnação e posteriormente a reencarnação espiritismo deve ser vista como um processo obrigatório para o espírito cumprir a sua função de criação. Não é apenas para povoar o mundo. Mas também auxiliar no processo evolutivo dos irmãos e outras funções não reveladas aos encarnados porque não temos ainda capacidade para a compreensão. Nem todas as respostas estão no Livro dos Espíritos ou outras obras porque não é possível à mente humana compreender os desígnios divinos.

Como funciona a reencarnação espiritismo?

Ao contrário do que a maior parte dos leigos pensam a reencarnação espiritismo não é um processo rápido. Muitas pessoas acreditam que após a morte o espírito passa um pouco de tempo no plano espiritual e volta em seguida para viver entre os seus parentes e amigos. Não é bem assim.

Após desencarnar o espírito será preparado para a sua fase de aprendizado. Passará um bom tempo acostumando-se com sua nova vida além do corpo material para entender a sua condição de aprendiz. Também avaliará os seus feitos passados e ganhar a permissão de voltar para corrigir os erros ou quem sabe ajudar semelhantes em seu processo de aprendizado.

O processo de preparação para a próxima vida ou a necessidade de reencarnar pode durar dias ou anos. Não funciona como no tempo terreno. Alguns espíritos passam milênios sem voltar ao plano terreno, apenas encarando a nova fase quando de fato precise dele. Pode ser para o seu crescimento, de um grupo ou amigos.

Essa pausa se deve muitas vezes para o espírito compreender o seu estado atual depois de abandonar o corpo material. Imagine o quão chocado ficarão algumas pessoas ao descobrir que continuam a viver mesmo depois de serem enterrados? São muitas verdades reveladas e isso exige um tempo de compreensão.

Após desencarnar o irmão de fé espírita é amparado por uma equipe espiritual para lhe conduzir ao processo no pós morte. Mas cada caso é diferente. Alguns não seguem direto para uma colônia e outros continuam no plano terreno. O caminho após abandonar o corpo varia de acordo com o grau de evolução e entendimento de cada um.

O espírito pode escolher a sua próxima reencarnação?

Livros espiritualistas, filmes e alguns programas de TV relatam de uma forma simples a capacidade do espírito de escolher qual caminho a ser seguido na próxima vida na reencarnação espiritismo. Dizemos ‘espiritualista’ porque seguem alguns conceitos da fé espírita, mas não seguem o kardecismo por completo.

A resposta para este questionamento muito comum entre os espíritas é complexa. Existem relatos em reuniões mediúnicas de espíritos que escolheram vir acamados para pagar penitências de vidas anteriores. Outros escolhem ser parente próximo de alguém o qual fez muito mal para tentar reparar o erro. Mas não é algo determinante.

Segundo O Livro dos Espíritos de Allan Kardec, a bibliografia mais renomada e indicada sobre o assunto, a escolha de como se dará a reencarnação espiritismo depende tanto do plano espiritual  do merecimento do espírito. É preciso ter evoluído bastante para entender as complicações que envolvem a escolha e a equipe vai avaliar isso, sempre compostas por espíritos evoluídos.

Não é possível enganar os espíritos de luz e muito menos a Deus quando se trata de reencarnação espiritismo. Um irmão desencarnado não poderá escolher vir como filho de seu inimigo, por exemplo, apenas pensando em uma revanche por ter sido humilhado em uma vida anterior. Não é tão simples assim.

A reencarnação espiritismo sempre será com o mesmo sexo?

Um dos questionamentos comuns sobre escolha envolve o sexo da próxima reencarnação. Pode ser o mesmo, mas sempre diferencia. Um espírito nunca reencarna sendo sempre um homem ou uma mulher, porque necessita experimentar os dois diferenciais e dificuldades de cada um dos sexos para seu crescimento e evolução. O espírito por si só não possui sexo, é um ser de luz, mas necessita de uma escolha no plano material.

reencarnação espiritismo homossexualidade

O espírito precisa enfrentar diferenciais e dificuldades para evoluir

Quanto à mudança de sexo a cada reencarnação espiritismo é importante não confundir com homossexualidade.

A homossexualidade no espiritismo

O espiritismo acredita na pureza do amor ao próximo. Jesus Cristo pediu para que amassemos uns aos outros, não importando, portanto, se somos homem ou mulher.

A doutrina espírita é baseada no amor. Toda a forma de amor verdadeiro, mútuo, puro e respeitoso, é bem quista aos olhos de Deus. Não há por que acreditar que um casal homossexual, que se ame, age contra as leis do pai maior.

Se viemos nessa vida como somos: assexuais; transsexuais; héteros; homossexuais; deficientes físicos ou mentais; homem ou mulher, é porque temos que passar por isso em busca de nossa evolução moral/espiritual.

A homossexualidade definitivamente não é uma doença. É a forma como algumas pessoas reencarnam para evoluir. Portanto, não pode ser chamada de homossexualismo, pois o sufixo “ismo” traz a ideia de doença.

Quantas vezes um espírito pode reencarnar?

Não existe um limite de mínimo ou máximo de vezes que um espírito pode experimentar a reencarnação. Na pergunta de número 168 do Livro dos Espíritos, os espíritos deixam claro esse questionamento:

O número das existências corpóreas é limitado ou o Espírito se reencarna perpetuamente?

– A cada nova existência o Espírito dá um passo na sendo do progresso: quando se despojou de todas as impurezas, não precisa mais das provas da vida corpórea.

O espírito poderá ter um corpo material quantas vezes for necessário a seu processo íntimo e pessoal de evolução. A reencarnação espiritismo pode ser única? Sim, pois a evolução independe da quantidade de vezes que um espírito volta a encarnar. A evolução depende de fato da intensidade como os fatos são vividos, as experiências executadas no plano terreno.

Caso o espírito alcance seu grau máximo de evolução em uma única encarnação ele já conquistou o direito de viver na vida eterna sem a necessidade de voltar. Mas há casos de voltas para ajudar os irmãos encarnados. São espíritos de luz em missão para ajudar uma comunidade. Um dos maiores exemplos é Jesus, mas temos muitos outros.

Por que não lembramos de vidas passadas?

A curiosidade de saber mais sobre a reencarnação espiritismo de vidas passadas é muito mais algo do corpo material que do espírito. Enquanto seres encarnados somos movidos por curiosidade e isso é fato. Devemos à curiosidade de Allan Kardec e suas mesas giratórias em 1855 a grande obra O Livro dos Espíritos e o início da disseminação do espiritismo moderno como conhecemos hoje. Sabemos muito sobre o corpo humano e como curar enfermidades porque cientistas foram curiosos o suficiente para levar adiante estudos.

Contudo, é bem diferente no plano espiritual. Saber mais sobre as vidas passadas não ajudaria no processo evolutivo e poderia causar uma regressão. É necessário entender que o espírito sempre dá um passo à frente na evolução. Em cada vida ele aprende mais e não regride. Com isso ele se veria em situações moralmente não aceitas e bem inferiores e perturbadoras, não agradáveis para a sanidade da mente humana.

Não lembrar de vidas passadas é uma necessidade para a melhoria moral. Não seria fácil saber que em outra vida você foi assassinado por um inimigo cruel e hoje ele voltou como o seu filho. Atrapalharia bastante a nova experiência enquanto reencarnado e causaria transtornos mentais sérios por nossa própria condição de seres simples e ignorantes. Se estamos encarnados em aprendizagem, não temos total domínio sobre a capacidade do perdão e seguir adiante, nem como admitir algumas falhas morais em outras vidas.

shadow-ornament



Entrar Para O Grupo De Membros

 seta-direitaQuero Testar! Ouça Agora e Assine! - Novos artigos e lições transformadoras!!

trofeuSou Leonardo, idealizador do Blog Canoro e quero reiterar meu convite.
Além dos artigos do blog, que são baseados nas dúvidas da nossa comunidade, temos artigos espíritas em áudio também, trechos dos livros de Allan Kardec.

  • Toda segunda-feira um resumos dos novos artigos do Portal Espírita Canoro.
  • Lições exclusivas de livros de Allan Kardec em áudio.

Conhecimento, Evolução, Aprendizado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

arrow
shadow-ornament


Evolução

É necessário à evolução do espírito não saber nada sobre as vidas anteriores da reencarnação espiritismo. Indica-se também não buscar essas informações e seguir adiante. Allan Kardec explica muito bem sobre isso na obra O Livro dos Espíritos nas perguntas de número 166 em diante.

Um dos preceitos importantes a entender sobre o espiritismo é que somos criados simples e ignorantes aos olhos divinos. Estamos em constante evolução e nos é revelado aquilo que temos condição de aprender, compreender e não trará danos. Se fosse seguro sabermos mais sobre outras vidas não seria algo a ser buscado, já estaria na condição espiritual ter lembranças automaticamente quando a reencarnação espiritismo acontecesse.

As provas da reencarnação espiritismo

A reencarnação espiritismo chegou a conhecimento na Terra por meio de mensagens de diversos líderes religiosos. Jesus foi o maior deles, pregando sempre a necessidade de viver em paz e harmonia com os seus irmãos, sem julgamentos, porque havia muito mais que o corpo material para dar continuidade à vida. Em seu leito de morte, enquanto crucificado, também acalentou seu irmão na cruz ao lado dizendo: “logo estaremos juntos do pai”.

A maior prova da reencarnação espiritismo ainda é a reunião mediúnica. Em centros espíritas ou locais escolhidos para isso os médiuns podem se comunicar com os irmãos desencarnados. Médiuns que não sabem escrever conseguem transmitir mensagens por meio de psicografia, provando a veracidade da comunicação entre os dois planos. Durante algumas reuniões mediúnicas fatos são revelados que os médiuns não teriam conhecimento e nem acesso, provando se tratar de uma comunicação verdadeira e digna.

reencarnação espiritismo

A maior prova da reencarnação espiritismo veio da revelação dos próprios espíritos no século 19. Quando os estudos de Allan Kardec deram início sobre as mesas giratórias na França, os espíritos amigos resolveram conversar com ele em algumas reuniões, ao que deu origem ao Livro dos Espíritos.

Estudos posteriores provaram a existência de reencarnação espiritismo. O brasileiro Chico Xavier também abriu espaço em reuniões para provar a existência do espíritos entre nós, permitindo fotografias e gravações de ondas de rádio. Até hoje seguem estudos para comprovar a existência de espíritos e da vida após a morte, publicados por renomados acadêmicos.

Por que algumas religiões não acreditam em reencarnação?

Algumas religiões acreditam no ato de reencarnar. Talvez não como a reencarnação espiritismo, mas chegam bem perto disso. O povo indiano, por exemplo, no hinduísmo, acredita na transcendência da alma, em sua vida eterna.  Na volta em outros corpos para o plano terreno. Não é correto crê que apenas o espiritismo kardecista possui a fé na reencarnação.

Curiosamente os discursos são diferenciados mas o conceito de vida após a morte é pregado em algumas igrejas. Nos cultos protestantes, por exemplo, é pregado viver em harmonia com os irmãos para ter uma segunda vida plena no céu. Logo, acredita-se em uma vida após a morte mesmo que um pouco diferente do espiritismo kardecista.

reencarnação espiritismo

O importante a saber é que os espíritos de luz amigos deixaram a mensagem sobre como funciona a vida após a morte em psicografia para diversos autores. Não apenas Allan Kardec em seus cinco livros fala do tema. Muitas obras estão disponíveis para leitura falando sobre o tema.

Aqueles que não acreditam na reencarnação ainda estão em processo de evolução “um pouco mais atrasados”, falando em grosso modo. Estão passando e pregando o seu próprio conhecimento ignorante e a eles será revelada a verdade em algum momento. Não é necessário entrar em discussões acaloradas.

Algumas mentes simplesmente não estão prontas para aceitar uma vivência completa em um plano espiritual depois de ser sepultado entre os familiares no plano terreno. Algumas pessoas acreditam ser o corpo material a única forma de realidade. Para estes o mais indicado é oração e confiar nas leis divinas. Há espíritos designados para ajudar a orientar os irmãos desencarnados em tais condições de ignorância e indicar o caminho do aprendizado.

Clique aqui e entenda mais sobre a doutrina espírita.

4 votes
2017-04-18T12:53:23+00:00
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Reforma Íntima DEFINITIVO