Como é a religião espírita e como funciona?

//Como é a religião espírita e como funciona?

Muito se fala sobre como é a religião espírita em rodas de conversa. Uma boa parte das informações transmitidas pelos leigos em nada possui relação com a doutrina fundada por Allan Kardec no século 19. É preciso compreender muito para não julgar erroneamente e, acima de tudo, respeitar as diferenças de pensamento das religiões.

Uma religião moderna, o espiritismo não tem ritos de passagem ou batismo como em outras religiões. Exige apenas seguir sua doutrina e abrir o coração para amar ao próximo.

Saber Mais

Espiritismo: uma religião moderna

O espiritismo já movimentou muitas rodas de conversa por ser uma religião diferente. Não possui templos ou igrejas. Não há dogmas a serem seguidos pelos membros participantes. Há apenas palestras de exposição de temas diversos. Alguns até a chamam de seita.

Agora o mais importante:

Ser uma pessoa melhor é difícil? Os espíritos disseram a Kardec que não é, então o que falta? O que faltava era o método. Aprenda o método da Senda Espírita do Homem de Bem.


Muitos são os apelidos dados à religião. Pode ser conhecida como espiritismo e também kardecismo. Este último termo vem do fato dos principais livros utilizados para estudar a doutrina serem do autor Allan Kardec. Ele é um grande personagem para a história da religião no mundo. Um dos principais autores para entender como é a religião espírita.

como é a religião espírita

Palestra em centro espírita

A melhor definição para o espiritismo é ser uma doutrina. Seus pensamentos são seguidos por quem assim o desejar. Na base de leituras, palestras e conhecimentos adquiridos ao longo dos dias enquanto encarnados. A bibliografia já lançada no mercado e muitas ainda por vir para discutir os mais diversos temas são todas com ajuda dos irmãos desencarnados, espíritos de luz indicados para enviar informações e aprofundar ainda mais o conhecimento dos irmãos de fé espírita sobre o mundo e a eternidade da alma.

Para o espírita o mais importante a entender sobre como é a religião espírita é que somos matéria em estado passageiro. O nosso verdadeiro ser é o espírito, criado por Deus e formado por energias diversas (nem todas conhecidas pelas leis físicas do plano terreno) e com um trajeto de vida muito além da terra. O espírito é eterno e criado simples e ignorante, enviado para um corpo material para cumprir a sua função de criação e aprendizado.

Religião Moderna

Diz-se do espiritismo ser uma religião moderna por ser realmente nova no conhecimento popular. A primeira obra publicada considerada oficial sobre o assunto é O Livro dos Espíritos, datado de 1857 com autoria do escritor francês e pedagogo Allan Kardec. Estamos falando então de uma religião surgida no século 19, muito depois do catolicismo, hinduísmo, protestantismos, dentre outras.

Os espíritas podem conversar com mortos

Este é um dos temas de maior polêmica para quem não compreende como é a religião espírita. Os médiuns entre nós podem sim realizar uma comunicação com irmãos desencarnados, mas não como o cinema costuma ilustrar ou alguns romances. Não é uma escolha de com quem ou como vamos falar. É preciso haver permissão para isso do plano espiritual e merecimento de quem recebe a comunicação.

As reuniões mediúnicas são os espaços nos quais os irmãos desencarnados conversam com os espíritas. Muitos procuram ajuda para entender o que se passa após deixarem o corpo material e continuarem vivos. Esta é uma das funções das casas espíritas: ajudar a todos que procuram sua ajuda.

Os espíritos podem atender chamados? Sim, em casos raros. Se há merecimento de ambas as partes da comunicação, o desencarnado pode se comunicar por meio de reuniões e se fazer presente materializando para enviar uma mensagem. O assunto é bem complexo e explanado melhor nas obras de Allan Kardec O Livro dos Médiuns e O Livro dos Espíritos.

Como é a religião espírita? No que acredita?

Os conhecimentos sobre como é a religião espírita não são frutos da imaginação de um único autor. Os cinco primeiros grandes livros sobre a temática, conhecidos como o pentateuco de Allan Kardec, foram escritos com a ajuda dos irmãos desencarnados e com a permissão divina. Por volta de 1855 o francês Allan Kardec, um grande estudioso de fenômenos sobrenaturais, voltou seus pensamentos para acontecimentos em reuniões mediúnicas e encontrou respostas intrigantes sobre a lei natural do mundo.

como é a religião espírita

Apesar de muitos insistirem no kardecismo como uma religião muito diferente das demais, não é tanto assim. Seria uma nova visão sobre alguns fatos já conhecidos. Ela acredita em Deus como o criador supremo e um ser bondoso, não um grande juiz para determinar quem vai para o céu e o inferno. Jesus seria um filho de Deus e portanto nosso irmão. Mas não um santo, apenas um dos maiores médiuns que já passaram por nosso mundo.

E falando em céu e inferno, os pensamentos espíritas são bem divergentes sobre o que acontece quando o espírito abandona a matéria. Sendo o espírito eterno ele deve partir para outras vidas, outros mundos no plano espiritual, seguindo a sua jornada rumo ao esclarecimento e aprendizado. Depois de cumprir a sua finalidade de criação em uma encarnação ele se junta aos demais irmãos desencarnados e segue rumo à sua evolução pessoa.

Para o espírita não existe um céu e um inferno para quem quer entender mais de como é a religião espírita tal qual é descrito e ilustrado em alguns livros e ditado por alguns líderes religiosos. Ao contrário disso. Há outros mundos e uma possibilidade enorme de vivências além corpo material. O mais próximo do inferno seria o umbral, um local não muito agradável onde espíritos em sofrimento por diversos motivos devido a seu desvio de conduta moral podem passar um período.

 No espiritismo não há culto ou missas

Um pouco sobre como é a religião espírita é sua relação com imagens. Não há a crença em santos, deuses ou adoração à imagens. As paredes de um centro costumam ser limpas, sem qualquer imagem referente a um personagem humano.

Não existem templos ou locais sagrados. Os centros espíritas não são templos ou igrejas, apenas um espaço para reuniões públicas onde palestrantes explanam seu conhecimento adquirido ao longo de obras para o público em geral que quer aprender um pouco mais. Também não é cobrado nada para a visitação. É só chegar e entrar, sentindo-se vem vindo tanto pelos irmãos encarnados como os desencarnados.

como é a religião espírita

Reunião Espírita

As palestras espíritas duram em média 30 a 40 minutos e não costumam passar disso na maior parte das vezes. O tempo estipulado não é uma regra da Federação Espírita Brasileira ou de nenhum outro órgão regular, o qual não existe. É apenas um período de tempo considerado apto a abordar uma temática e o público conseguir tirar as suas dúvidas. Os temas das palestras podem ser retirados do pentateuco de Allan Kardec ou qualquer outra obra.

Outros ritos religiosos comuns em algumas religiões não se encontram nos conhecimentos de  como é a religião espírita. Não há, por exemplo, batismo. Qualquer um pode se tornar um espírita a qualquer momento, sem a necessidade de um ritual sagrado. Também não é necessário o casamento religioso, apenas obedecer às regras sociais dos homens de se casar no civil.

Regras

As regras da vestimenta não existem. Enquanto em algumas igrejas é necessário terno para os homens e saia para as mulheres, não há exigência de vestimenta para frequentar um centro espírita. Sobre o assunto é importante saber que é pregado entre os espíritas o maior ensinamento deixado pelo médium Jesus em sua passagem na Terra: “todos somos iguais aos olhos do Senhor”. Do mais rico ao mais pobre, todos sentam nas mesmas cadeiras e ouvem os mesmos ensinamentos em uma palestra.

Também não há a cobrança de dízimo. Alguns centros espíritas permitem a contribuição para as suas obras de caridade e manutenção do espaço físico (há sempre contas a pagar de água, aluguel e telefone, por exemplo) mas de forma voluntária. Não há dizimo sobre salário recebido do membro da comunidade ou cestas durante as palestras para os frequentadores colaborarem. Na maior parte das vezes é preciso falar com o dirigente da casa para dar alguma quantidade em dinheiro ou fornecer matéria-prima.

Todo mundo pode ser espírita

Se você entende como é a religião espírita e acredita em seus preceitos, então pode ser um espírita de imediato. Basta começar a acreditar nos ensinamentos das obras e ao longo de palestras e frequentar um centro espírita para mais conhecimento. Ou não. Pode ser um leitor ávido, seguir a doutrina mas não frequentar palestras também. É uma religião livre de dogmas e exigências.

Não existe idade mínima ou máxima para ser um espírita. As crianças podem começar a receber conhecimentos da doutrina por meio da evangelização, trabalho realizado por membros do centro apenas com crianças e adolescentes. Já os adultos podem ir até uma casa espírita frequentar as palestras. Basta se informar no endereço mais próximo de sua residência e aparecer no espaço no dia e hora indicados.

O espiritismo e as obras de caridade

Como afirmamos acima, não há a cobrança do dízimo para nenhum espírita em qualquer centro. Mas a ajuda ao próximo é um dos pilares do espiritismo. Do entendimento de como é a religião espírita. “Fora da caridade não há salvação”, preceito de O Evangelho Segundo o Espiritismo, é uma das máximas da religião. Todos somos filhos do mesmo pai, irmãos, e podemos aliviar o sofrimento de amigos.

como é a religião espírita

Caridade e ajuda ao próximo são algumas das bases do espiritismo

Os centros espíritas costumam convidar trabalhadores (membros da casa) para diversas obras para ajudar ao próximo. Uma das mais conhecidas é a Campanha do Quilo. Algumas casas realizam a coleta de alimento ou dinheiro semanalmente indo de porta em porta, outras apenas uma vez por mês ou quinzenalmente. Os alimentos são arrecadados e doados em cestas de alimentos.

Outra ação muito conhecida dos espíritas é a sopa. Pão e sopa de carne e legumes pode ser doado na casa para os moradores de comunidades carentes. Ou em locais afastados da cidade em dias e horários pré definidos. Quem não puder ajudar com mão de obra pode doar alimentos, dinheiro para a compra de materiais e outros itens necessários para a manutenção da ação.

Cada centro espírita é livre para montar ações de caridade de sua forma. Alguns fazem doações de roupas novas e usadas, outros doam leite para lactantes, enxovais para gráficas, dentre outras propostas. O importante é sempre que possível passar a doutrina adiante. Também tentar ajudar a quem precisa da melhor forma possível, visando o bem do outro e não o seu próprio.

O espiritismo é uma seita?

Entendendo um pouco mais sobre como é a religião espírita já é possível fugir de uma opinião do senso comum. O espiritismo não é uma seita. Segundo a definição do sociólogo luterano Peter, Ludwig Berger, um dos pensadores mais renomados sobre o assunto do século 20, seita seria um grupo de pessoas com um pensamento em comum. Até ai estamos igualando com o kardecismo.

Contudo, o conceito de seita vai muito mais além. Também significa uma organização cujos membros se consideram diferenciados do grande grupo e com isso agem de forma hostil. É um grupo fechado no qual os seus membros possuem uma única crença e são contra os demais. Usam para legitimar discursos de grandes pensadores ou grandes líderes mundiais, mas a seu modo. Neste ponto o espiritismo não se enquadra de nenhuma forma.

como é a religião espírita

Allan Kardec, pai do Kardecismo

O filósofo Max Weber define seita religiosa especificamente como uma organização que se forma dentro do berço de outra para ir contra a filosofia de sua religião de origem. O espiritismo kardecista jamais se formou no berço de outra religião. Seguiu pensamentos próprios e uma linha de raciocínio independente. Mesmo utilizando passagens da Bíblia em seu livro de estudo O Evangelho Segundo o Espiritismo, o seu uso se faz pelo fato de ter sido Jesus Cristo um dos maiores médiuns que já existiu. Não um líder de uma seita.

O sociólogo inglês e grande referência bibliográfica, Roy Wallis, define também seita como um grupo de pessoas seguindo uma linha de pensamento autoritária. Segundo ele sempre haveria uma fonte, um grande líder, para a massa seguir. No espiritismo não há um grande líder e nem muito menos um ditador. Cada centro age de forma independente e de acordo com a sua ideologia política.

Para conhecer mais sobre a doutrina, clique aqui.

shadow-ornament



Entrar Para O Grupo De Membros

 seta-direitaQuero Testar! Ouça Agora e Assine! - Novos artigos e lições transformadoras!!

trofeuSou Leonardo, idealizador do Blog Canoro e quero reiterar meu convite.
Além dos artigos do blog, que são baseados nas dúvidas da nossa comunidade, temos artigos espíritas em áudio também, trechos dos livros de Allan Kardec.

  • Toda segunda-feira um resumos dos novos artigos do Portal Espírita Canoro.
  • Lições exclusivas de livros de Allan Kardec em áudio.

Conhecimento, Evolução, Aprendizado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

arrow
shadow-ornament


Referências:

  • Revista Espírita
4 votes
2018-09-28T08:04:57+00:00

New Courses

Informações para Contato

Rua Joaquim Batista Junior, 179 / 201, Názia, Vespasiano - MG

Mobile: +55.31.99696-4049

Web: Canoro Audiobook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Reforma Íntima DEFINITIVO