Espiritismo é religião?

Tempo de leitura: 12 minutos

O conceito de espiritismo já foi difundido entre as pessoas de diversas formas. Alguns líderes religiosos tratam-no como seita, enquanto outros como doutrina e alguns são categóricos em afirmar que espiritismo é religião. É preciso entender um pouco mais sobre religião e seus conceitos para compreender que espiritismo é religião sim.

Saber Mais

O que é uma religião?

No dicionário da língua portuguesa temos a definição de religião como a “crença em forças superiores responsáveis pela criação do universo”. Seguindo este conceito podemos afirmar com toda certeza que espiritismo é religião porque um dos princípios básicos da doutrina é crer no Deus como criador dos espíritos e de todo o universo.

espiritismo é religião

Mas o conceito de religião vai um pouco mais além que apenas um culto a Deus (em uma forma simples de definir), e por isso a dúvida se espiritismo é religião ou não. Também pode se referir, ainda segundo o dicionário da língua portuguesa, a uma “veneração a coisas sagradas”. Neste quesito o espiritismo não atende ao conceito porque não há veneração a seres superiores, imagens e nem muito menos cultos sagrados.

O fato das religiões não serem iguais não significa que o espiritismo não seja uma. Cada uma possui seus conceitos básicos, suas crenças e principalmente sua linha de conduta moral para guiar os membros em seus comportamentos. Mesmo não sendo iguais a outras religiões, isso não exclui o espiritismo de ser classificado como uma religião.

O espiritismo é religião e doutrina

Quando o pedagogo Allan Kardec escreveu a sua primeira obra sobre a religião, O Livro dos Espíritos, em 1857, definiu-a claramente como doutrina. Na introdução da obra temos a definição do espiritismo como uma “doutrina progressista e aberta”. Este conceito seria o mais completo para definir “O que é espiritismo”.

Doutrina quer dizer “conjunto de princípios que formam a base de um sistema”. Pode ser um sistema econômico, político ou religioso. Neste quesito o espiritismo se encaixa muito bem porque reúne uma série de conceitos ensinados pelos irmãos desencarnados os quais se tornaram obras literárias ao longo dos séculos. Os principais livros são o pentateuco de Allan Kardec: O Livro dos Espíritos, O Livro dos Médiuns, O Evangelho Segundo o Espiritismo, A Gênesis e O Céu e o Inferno.

Muitas outras obras propagam os conceitos os quais regem o espiritismo ao longo dos anos. São obras psicografadas por espíritos de luz como Emmanuel, André Luiz, dentre outros. Alguns romances também tratam de uma forma clara sobre os conceitos do espiritismo e ensinam bastante aos iniciantes na doutrina.

Doutrina Aberta

Outro ponto importante a ser explorado na definição de Allan Kardec se trata de ser uma doutrina ‘aberta’. Algumas religiões acreditam em conceitos definidos e estabelecidos, sem mudanças. O espiritismo não. Estamos em constante evolução e com isso aprendemos mais a cada dia sobre o universo espiritual. Novas informações são apresentadas de acordo com nosso grau de merecimento e evolução social.

A sociedade evoluiu como um todo ao longo dos anos não apenas historicamente, mas moralmente. Há algumas centenas de anos médiuns eram queimadas na fogueira como bruxas porque ouviam vozes, quando na verdade estavam em uma comunicação com irmãos desencarnados. Naquele momento não era propício para o entendimento social compreender mais sobre o espiritismo.

O espiritismo é religião com conceito aberto porque cada vez mais aprendemos sobre o mundo espiritual, sobre nossa vivência além do corpo material. Hoje já sabemos muito mais sobre a cirurgia espiritual, o que há alguns anos era definido como magia ou prática de curandeiros. Sabemos pouco ainda sobre outros mundos, mas gradativamente muito mais está sendo revelado.

O espiritismo é religião que acredita em Deus?

As primeiras perguntas feitas por Allan Kardec em suas reuniões mediúnicas para a pesquisa que se tornou O Livro dos Espíritos são todas focadas no conceito de Deus. A existência de um criador maior de tudo e todos é uma definição compartilhada por diversas religiões. E como o espiritismo é religião também não foge muito deste segmento.

A pergunta de Kardec é: O que é Deus? A resposta é simples: “Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas”. O Deus para o espiritismo não foge da imagem de um criador maior e supremo como acreditam os judeus, os católicos, protestantes, mórmons e muitos outras religiões no mundo.

espiritismo é religião

Como seres curiosos que somos também queremos entender como seria Deus. Os espíritos são claros que não temos ainda a capacidade de compreender este tipo de conceito. É um pouco além da inteligência humana. Apenas é necessário saber que tudo neste e em outros mundos é regido pela providência e permissão divina. Sem Deus nada seria possível.

O diferencial do espiritismo de outras religiões é acreditar em apenas um único Deus. Existe apenas o criador maior, o qual cria todos os espíritos simples e ignorantes como irmãos para cumprir a sua causa primária de existência, com o direito de evoluir e se tornar um ser de luz no mundo espiritual.

Não há no kardecismo pequenos deuses ou seres com poder semelhante. O cristianismo, por exemplo, crê na santíssima trindade: Pai (Deus), Filho (Jesus) e o Espírito Santo. Outras religiões acreditam em pequenos deuses como os induístas para diversas questões. Existe o deus da família, do amor, da paz, dentre outros.

Jesus no espiritismo não é um semi-deus. É sim o filho do Pai, o médium mais evoluído a passar em nosso planeta mas nada além disso. É uma criação divina como todos nós e por isso somos irmãos. Não possui poderes sobrenaturais e muito menos capacidades extraordinárias, apenas uma mediunidade avançada.

No que acredita o espiritismo?

O espiritismo é religião nova ainda e com muito a crescer e expandir. Tem pouco mais de 150 anos, uma jovem diante de tantas religiões milenares. Os conceitos são diferenciados de algumas religiões porque a sociedade já estava apta a compreender um pouco mais do que acontece quando o espírito abandona o corpo material.

Uma das principais informações a entender sobre o espiritismo é sobre o espírito. Criação divina, ele é eterno, criado simples e ignorante para viver com seu livre arbítrio em busca de aperfeiçoamento moral. O espírito é formado de energias universais, algumas não conhecidas pelo homem e com diversas provas de sua existência. Estudos não apenas de Allan Kardec mas muitos cientistas ao longo dos anos provaram a influência e presença dos irmãos desencarnados no plano físico.

espiritismo é religião

Também é preciso agregar ao conhecimento de que espiritismo é religião um pouco mais sobre a vida e a morte. A vida não acaba quando o corpo vai embora. O espírito é eterno mas a carne não. E para viver neste mundo(um dos possíveis) precisamos de um corpo material. Quando um espírito ocupa um corpo a definição é encarnação. E quando parte para o plano espiritual mas retorna para dar prosseguimento a seu processo de aprendizado dizemos que está reencarnando.

A reencarnação é um dos principais conceitos a se entender quando se aceita que espiritismo é religião. Ao contrário de outras religiões os espíritas creem na vida eterna porque o corpo material é transitório. Ele padece, possui necessidades fisiológicas para viver neste plano mas continua a sua jornada quando a matéria deixa de existir. A morte é um conceito totalmente humano e desnecessário para o espírito.

O espiritismo tem livro sagrado?

Muitas religiões tratam a Bíblia como livro sagrado por serem palavras diretas de Jesus, o filho de Deus. Com o espiritismo estes relatos (parábolas) escritas pelos apóstolos e perpetuadas ao longo dos séculos nada mais são que registros históricos.

Os livros mais usados para estudo são as obras de Allan Kardec. Não por serem as primeiras, mas pela quantidade de conhecimento contida em uma única publicação. Com perguntas realizadas pelo pedagogo francês e respostas dos espíritos de luz, O Livro dos Espíritos é considerado o mais completo sobre o espiritismo e base para os quatro outros lançados pelo mesmo autor.

espiritismo é religião

Mas O Livro dos Espíritos não é um livro sagrado e nem uma obra para levar debaixo do braço e venerar. Não foi produzido por uma revelação divina e não possui nenhum poder de cura. É apenas para consulta e aprendizado, para aprofundar conhecimento e compreender porque o espiritismo é religião e quais são seus preceitos básicos.

Um livro sagrado seria uma obra com revelação divina e a qual não pode ser contestada ou violada. O espiritismo não considera a Bíblia um livro sagrado porque não foi escrita pelo próprio Deus (uma forma grosseira de definir, claro), mas por homens os quais viveram na época e resolveram registrar os feitos da passagem de Jesus pelo planeta.

O valor histórico da Bíblia é incontestável. Como médiuns Jesus ensinou mais que qualquer outro encarnado em sua época. Deixou um grande legado para a humanidade e seu grau de evolução moral era tão alto que ensinou muito sobre piedade, amor ao próximo, respeito e perdão. Todos os seus feitos valem uma releitura quando possível.

Mas como livro sagrado há a contestação de diversos cientistas por terem sidos homens simples os responsáveis pelos relatos. Não foram escritos enquanto estavam acontecendo mas muito tempo depois, podendo com isso se perderem algumas informações ou serem deturbadas.

As veracidades das parábolas da Bíblia são estudadas por cientistas ao longo da história em diversos momentos. Sempre há buscas de provas científicas de narrações como o real valor do Santo Sudário, a ressurreição de Jesus e muitas outras. Muitos pesquisadores dedicaram a vida atrás dos ossos de Jesus e já encontraram diversos de épocas semelhantes, mas o teste do Carbono 14 provou não serem do mesmo período.

O espiritismo é uma seita?

Infelizmente o conceito de seita varia para muitas pessoas. Alguns lideres religiosos acabam em seus cultos propagando um conceito errado sobre o espiritismo. Alguns pastores e padres já afirmaram claramente que o kardecismo é uma seita em um sentido pejorativo, como se fosse algum ruim, mas na verdade não é.

Seita pode ser defina como um grupo de pessoas seguindo as mesmas ideias. Os espíritas seguidores dos ensinamentos deixados pelos espíritos de luz ao longo dos séculos são seguidores de um mesmo conceito de vida após a morte, da eternidade do espírito e uma vivência além do corpo material. Nesta definição o espiritismo é religião e uma seita também.

espiritismo é religião

O que é importante deixar claro é que seita não é algo ruim. Alguns católicos afirmam com uma certeza exasperadora que o kardecismo é uma seita no sentido de não ser uma religião por ter crenças diferentes da sua. Mas o catolicismo também é uma seita porque une um grupo de pessoas com uma crença nos mesmos princípios.

O conceito negativo de seita surgiu historicamente há centenas de anos. É preciso relembrar que por muitos anos a maior religião no mundo foi a católica. A Igreja Católica Apostólica Romana foi uma das religiões mais ricas da humanidade. Também uma das mais fortes. Com exigência inclusive de pagamento de imposto obrigatório. Um grande exemplo foi o poderio da Igreja na Inglaterra, com a cobrança de impostos cada vez mais caros a tal ponto que fez a Rainha Elizabeth I romper e criar uma religião independente, a protestante.

Por séculos quem não era católico estava errado e iria para o inferno. Contrariar a igreja e seguir qualquer outro tipo de crença era não seguir os preceitos divinos. Foi ai que surgiu o conceito de seita como algo negativo. Se não era católico era formador de uma seita, algo não oficial. Lembremos dos tempos de união de Igreja e Estado.

Hoje a sociedade entende a diferenciação de crenças e preza o livre arbítrio. O Brasil, por exemplo, é um país laico. Todos os cidadãos são livres para seguirem em suas crenças sem a intervenção do Estado. Mas ainda é difícil remover o conceito de seita como algo negativo se foi perpetuado por milênios e o catolicismo ainda é forte.

Para conhecer mais sobre a doutrina, clique aqui.

 

shadow-ornament



Entrar Para O Grupo De Membros

 seta-direitaQuero Testar! Ouça Agora e Assine! - Novos artigos e lições transformadoras!!

trofeuSou Leonardo, idealizador do Blog Canoro e quero reiterar meu convite.
Além dos artigos do blog, que são baseados nas dúvidas da nossa comunidade, temos artigos espíritas em áudio também, trechos dos livros de Allan Kardec.

  • Toda segunda-feira um resumos dos novos artigos do Portal Espírita Canoro.
  • Lições exclusivas de livros de Allan Kardec em áudio.

Conhecimento, Evolução, Aprendizado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

arrow
shadow-ornament


Referências:

  • Livro dos Espíritos
  • Evangelho Segundo o Espiritismo
  • Revista Espírita
1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.