Estudando o espiritismo: o que é reencarnação compulsória?

//Estudando o espiritismo: o que é reencarnação compulsória?

Quando se fala em espiritismo, há alguns assuntos-chave que sempre vêm à mente. Como mediunidade; desencarne; vidas passadas e os vários tipos de reencarnação. Esse último assunto costuma despertar a curiosidade de quem ainda não estuda a Doutrina. Também de quem já se considera espírita há muitos anos. Na tentativa de esclarecer um pouco sobre o tema, o artigo de hoje explica o que é reencarnação compulsória à luz do espiritismo. Além de trazer conceitos sobre outros tipos de reencarnação.

Antes de falarmos especificamente sobre reencarnação compulsória e os outros tipos de reencarnação, é importante ressaltar que conhecer os conceitos de reencarnação, bem como os valores que a fundamentam é essencial para entender a Doutrina Espírita. Através dela, compreender também a nossa trajetória neste mundo. Por isso, estudar um pouco mais sobre os fundamentos teóricos da reencarnação é de grande importância para todos nós, irmãos de ideal espírita.

Muitos não sabem que, segundo os ensinamentos dos guias espirituais, existem diversos tipos de reencarnação. A Reencarnação compulsória; reencarnação proposta; reencarnação livre e reencarnação acidental. Neste artigo, todos esses tipos de reencarnação serão definidos, tendo como fonte principal os livros da Codificação Espírita.

Saber Mais

O que é reencarnação?

Para analisarmos os diferentes tipos de reencarnação, como a reencarnação compulsória, é importante definirmos o que é esse conceito segundo a Doutrina. Existem muitos mitos e especulações quando o assunto é reencarnação, já que esse tema permeia muitas histórias e ficções. Inclusive, aqueles que têm outras crenças ou que ainda não foram apresentados à codificação de Kardec conhecem o termo reencarnação e, com toda certeza, já tiveram contato com essa ideia em algum livro, filme ou mesmo através de algum amigo.

O que é reencarnação?

Segundo a codificação espírita trazida com o intuito de auxiliar a todos nós que estamos encarnados na Terra, a reencarnação é uma ferramenta necessária a todos os espíritos em evolução. “Segundo nos disseram os Espíritos, a alma que não alcançou a perfeição na vida corpórea acaba de se depurar, suportando a prova a de uma nova existência. É sempre necessário passar por várias existências corporais” (Livro dos Espíritos, cap. IV).

Ainda que muitos se assustem ou tenham medo de pensar no assunto, a reencarnação é um estágio tão natural quanto nascer ou morrer e faz parte da trajetória de todos os seres. Uma das formas mais concretas de evolução é reencarnar.  A cada existência física, os espíritos vivenciam provações e expiações, de modo que, a cada vida e a cada corpo, crescem e evoluem, pagando dívidas e superando mágoas do passado. Em A Gênese, os espíritos esclarecem que a reencarnação não é um castigo ou uma punição. Mas algo inerente a todos nós.

A metáfora da reencarnação

Para entender ou explicar a reencarnação de uma forma bem simples, costumo usar sempre a mesma metáfora. Basta pensarmos em uma escada bastante comprida, que leva à perfeição. As reencarnações são os degraus dessa escada, necessários para crescermos e nos elevarmos enquanto seres de luz. Sempre que nos encarnamos na Terra, subimos um degrau na escada da aprendizagem e, por consequência, nos aproximamos mais e mais dos seres elevados e com alto grau de pureza. Nesse estágio, vale ressaltar, a felicidade está cada vez mais presente.

Estudando o espiritismo: o que é reencarnação compulsória? A metáfora da reencarnação

“A cada existência, o espírito dá um passo no caminho do progresso. Quando se despejou de todas as impurezas, ele não tem mais necessidade das provas da vida corporal”. Por esse pensamento, é através de várias vidas sucessivas que o espírito se torna puro. “Em sua evolução natural, depois de passar por sua última encarnação, o espírito se transforma em um espírito bem-aventurado, puro” (O Livros dos Espíritos, cap. IV).

Como a reencarnação acontece?

Antes de falarmos sobre reencarnação compulsória e outros tipos de reencarnação, é preciso entender como as reencarnações acontecem, agora que já sabemos que o grande motivo de os espíritos viverem diferentes vidas é alcançar o progresso em suas trajetórias. Geralmente, assim como praticamente tudo no universo espiritual, as reencarnações acontecem por afinidade. Dessa forma, entendemos que a família e o lugar em que nascemos não são resultados do acaso. Mas sim, frutos da afinidade entre os espíritos.

Como a reencarnação acontece?

É preciso ter em mente que afinidade, para a Doutrina Espírita, não tem o mesmo sentido que aquele usado comumente entre nós. Para o espiritismo, afinidade é ter pontos em comum, sejam eles bons ou maus. Em outras palavras, podemos ter afinidade com determinado ser porque sentimos carinho por ele e, com outros seres, essa afinidade existe devido à necessidade de superar erros e mágoas do passado.

Para entender melhor esse conceito, basta pensarmos na nossa família. É muito comum que irmãos, criados pelos mesmos pais e da mesma forma, sejam muito diferentes. Assim, tenham grande dificuldade de conviverem entre si. Esses irmãos, provavelmente, são espíritos que têm afinidade e essa afinidade (nesse caso, negativa) acontece pela necessidade de que aprendam a se amar como irmãos e superar mágoas antigas através do amor. Esses irmãos reencarnaram na mesma família e têm a oportunidade de resolver conflitos passados e se livrarem de sentimentos ruins que ainda os aprisionam.

Os tipos de reencarnação

Como dissemos anteriormente, existem diferentes tipos de reencarnação, dentre eles, a reencarnação compulsória. Cada reencarnação tem um propósito e se adéqua à realidade de cada ser. Para entendermos os propósitos e consequências das reencarnações, vamos analisar as particularidades de cada tipo, tendo como base fundamental o Livro dos Espíritos, organizado por Allan Kardec, o fundador do espiritismo, através do diálogo com espíritos elevados.

Reencarnação planejada ou proposta

Decidimos abordar primeiro esse tipo de reencarnação, já que é o que as pessoas estão mais familiarizadas. A reencarnação proposta, também chamada de reencarnação planejada, é o resultado do livre-arbítrio do espírito. Ou seja, nesses casos, o espírito decide, por sua própria vontade, reencarnar na Terra e, após essa decisão, recebe a ajuda de seus mentores e guias espirituais para planejar sua próxima jornada como um ser encarnado.

Para planejar essa vida, os mentores levam em conta os débitos e méritos do espírito, de acordo com o seu grau de evolução moral. A intenção é propiciar a esse ser o ambiente mais propício à sua evolução. Com as condições necessárias para que ele continue progredindo. Assim, deixando seus vícios para trás através de uma reforma íntima verdadeiramente eficaz.

No livro ou no filme “Nosso Lar”, há exemplos de reencarnações desse tipo, que ajudam a compreender como é o processo de reencarnação planejada. Nele, os personagens decidem voltar à Terra e estar perto de seres afins, com os quais tinham pendências morais. Também há aqueles seres que decidem voltar com o objetivo de auxiliar algum ser amado e, já que possuem os méritos necessários, são presenteados com essa possibilidade e essa missão de amor.

Reencarnação compulsória

A reencarnação compulsória é bastante diferente da que vimos acima. Pode-se dizer, inclusive, que é o oposto da reencarnação planejada. Isso acontece porque a reencarnação compulsória se dá sem a concordância prévia do espírito. Esse tipo de reencarnação é direcionado essencialmente para espíritos cujo grau de evolução moral ainda é pouco elevado. São seres muito apegados à matéria, que se recusam – ou ignoram – o sentido espiritual de sua própria existência.

Esses seres que, muitas vezes, possuem grande quantidade de vícios e baixa vibração moral, têm grande perturbação. Por isso, não conseguiriam analisar suas trajetórias com clareza. Dessa forma, são os guias e mentores espirituais quem decidem os detalhes da reencarnação desse ser. Já que, por possuírem faltas graves, ainda não são agraciados com a liberdade de escolha. Em outras palavras, esses espíritos não são como aqueles que vivem reencarnações planejadas e precisam viver provas e expiações para aprimorarem sua própria evolução e progresso.

Espíritos que vivem a reencarnação compulsória receberão as condições que necessitam para progredir. Muitas vezes, renascem em lugares com muitas provações, sejam elas econômicas, mentais ou mesmo físicas.  Também é comum nascerem em famílias com grandes dificuldades. Obviamente, cada espírito passará por experiências específicas para sua evolução, já que não existe nenhuma fórmula que nos leve à reforma íntima.

No Livro dos Espíritos, questão 262, assim nos é explicado… “Deus pode impor certa existência a um Espírito quando este, pela sua inferioridade ou má vontade, não se mostra apto a compreender o que lhe seria mais útil. E quando vê que tal existência servirá para a purificação e o progresso do Espírito, ao mesmo tempo em que lhe sirva de expiação”.

Reencarnação Livre

Diferente da reencarnação compulsória, esse tipo de reencarnação é restrita a espíritos com um altíssimo grau de evolução e pureza. Esses seres, por não terem vícios e débitos a serem quitados, têm plena liberdade de escolha. Quando encarnam na Terra, vêm com um propósito, uma missão. Essa missão pode ser um avanço científico, por exemplo. Ou mesmo grandes descobertas e discussões filosóficas. Desde que tragam avanço para os seres terrestres.

Na reencarnação livre, seres elevados renascem para ajudar o progresso de seus irmãos. Missionários, têm alto grau de elevação moral. Entre esses seres, podemos citar alguns, como Chico Xavier, importante nome para a propagação da Doutrina no Brasil.

Reencarnação acidental

Esse tipo de reencarnação ainda não é muito presente na literatura espírita. Estudiosos da Doutrina a definem como reencarnações que são frutos de eventos que não estavam previstos no planejamento reencarnatório. Como gravidez resultada de um estupro, por exemplo. Essa explicação foi dada pelo espírita Eliseu Rigonatti, bastante conhecido no Brasil.

Segundo Rigonatti, essas reencarnações ocorrem por mecanismos automáticos. Elas fazem com que uma união fortuita atraia determinado espírito para uma nova encarnação na Terra. É preciso, pois, frisar que esse tipo de reencarnação ainda não é bem definido na Codificação.

O preparo para a reencarnação

Seja reencarnação compulsória, missionária ou planejada, as reencarnações exigem um preparo e demandam tempo. Sabendo disso, vamos falar um pouco de como é o processo preparatório para a reencarnação. Na obra “Missionários da Luz”, os guias nos contam que há espíritos – já evoluídos – que auxiliam no planejamento das reencarnações. Esse processo acontece nas colônias espirituais e geralmente obedecem a um padrão. Ou seja, no caso de espíritos cujo grau de pureza moral ainda não é muito alto, as reencarnações são planejadas de forma bastante similar.

O preparo para a reencarnação

Por outro lado, nas colônias que abrigam espíritos mais elevados, o planejamento também é mais complexo. Assim, demanda um processo mais individualizado para atender as demandas desse ser. “Temos bons amigos no Planejamento de Reencarnações, serviço muito importante em nossa colônia espiritual, diretamente ligados com as atividades do Esclarecimento” (Missionários da Luz).

Quando começamos a estudar mais sobre a Doutrina Espírita, consequentemente, passamos a entender melhor o que é a reencarnação e o porquê de sua existência. Se uma das leis do espiritismo é a instrução, faz-se necessário aprimorar nossos estudos nesse e em outros temas que nos dão maior esclarecimento sobre nossa trajetória. Estamos contentes em dividir esse aprendizado com você e seguir aprimorando juntos nosso conhecimento espírita.

Se você deseja receber outros artigos como esse, inscreva-se no nosso canal. Se preferir, opte por estudar através de lições em áudios. Em nosso site, estão disponíveis audiobooks com lições espíritas. Lá, você encontra algumas das obras essenciais do espiritismo em áudio e pode estudar onde quiser.

shadow-ornament



Entrar Para O Grupo De Membros

 seta-direitaQuero Testar! Ouça Agora e Assine! - Novos artigos e lições transformadoras!!

trofeuSou Leonardo, idealizador do Blog Canoro e quero reiterar meu convite.
Além dos artigos do blog, que são baseados nas dúvidas da nossa comunidade, temos artigos espíritas em áudio também, trechos dos livros de Allan Kardec.

  • Toda segunda-feira um resumos dos novos artigos do Portal Espírita Canoro.
  • Lições exclusivas de livros de Allan Kardec em áudio.

Conhecimento, Evolução, Aprendizado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

arrow
shadow-ornament


Referências:

  • O Livro dos Espíritos
  • A Gênese
  • Missionários da Luz
  • Nosso Lar

 

0 votes
2017-08-02T01:00:14+00:00
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Reforma Íntima DEFINITIVO