Marca de nascença reencarnação: evidências da vida após a morte

//Marca de nascença reencarnação: evidências da vida após a morte

A palavra morte, derivada do latim mors, significa deixar de viver. Apesar de ser uma das poucas certezas que temos neste planeta, é, ainda hoje, motivo de inquietação para muitos de nós. Qual o destino de um espírito quando desencarna? Será que o desencarne é mesmo o fim de nossas trajetórias? Se você é um irmão de ideal espírita ou se reconhece a Doutrina, sabe que isso está longe de ser verdade. A morte pode significar o fim de uma etapa, mas não é, de forma alguma, o fim do ser enquanto espírito. No artigo de hoje, vamos falar sobre esse tema através da visão espírita e entender a relação marca de nascença reencarnação.

A reencarnação é um dos assuntos que mais despertam o interesse de todos aqueles que estudam a Doutrina Espírita. Muitos de nossos irmãos de ideal chegaram até a Doutrina enquanto buscavam entender suas próprias dúvidas, angústias e questionamentos sobre reencarnação. Seja por curiosidade ou na tentativa de amenizar a dor pelo desencarne de um ser querido. Ainda que estudar a Doutrina através da Codificação trazida por Allan Kardec seja suficiente para que muitos de nós entendamos a reencarnação, conhecer algumas evidências físicas desse fato pode ser bastante esclarecedor. E é sobre isso que falaremos no artigo de hoje. Boa leitura!

Saber Mais

O que é reencarnação?

O espiritismo é uma ciência religiosa que estuda a natureza e o destino dos espíritos. É, portanto, uma filosofia, uma religião e uma ciência. É, ainda, a terceira relevação trazida à Terra a fim de auxiliar-nos a entender nossa própria trajetória enquanto seres imortais. A primeira relevação foi Moisés. A segunda, Jesus Cristo. E a terceira, que não é personificada em ninguém especificamente, é o espiritismo.

O que é reencarnação?

Sabendo desse aspecto sobre a Doutrina, é fácil constatar o grau de seriedade com que o espiritismo trata qualquer assunto. Especialmente a reencarnação. Sob o viés espírita, a reencarnação é uma ferramenta necessária a todos os espíritos em evolução. É algo natural, tanto quanto nascer e morrer. “Segundo nos disseram os Espíritos, a alma que não alcançou a perfeição na vida corpórea acaba de se depurar, suportando a prova a de uma nova existência. É sempre necessário passar por várias existências corporais” (Livro dos Espíritos, cap. IV).

A cada existência física, suportamos provações e expiações, de modo que, a cada vida e a cada corpo, crescemos enquanto espírito. Para entender ou explicar a reencarnação de uma forma bem simples, antes de falarmos sobre marca de nascença reencarnação, basta pensarmos em uma montanha bem alta. No topo dessa montanha, está a perfeição. Ali, moram os espíritos puros e, consequentemente, felizes em essência. As reencarnações são os caminhos que percorremos ao escalar essa montanha. De modo que cada desafio ou empecilho são necessários para crescermos e nos elevarmos enquanto seres de luz. “A cada existência, o espírito dá um passo no caminho do progresso. Quando se despejou de todas as impurezas, ele não tem mais necessidade das provas da vida corporal”. Por esse pensamento, é através de várias vidas sucessivas que o espírito se torna puro e feliz.

Marca de nascença reencarnação: evidências da vida após a morte

A maior prova da reencarnação é, indiscutivelmente, os esclarescimentos trazidos para nós através dos espíritos guias. Lendo e estudando as perguntas e respostas contidas em O Livro dos Espíritos e O Livro dos Médiuns, é possível sanar praticamente toda e qualquer dúvida sobre esse tema. No entanto, há, ainda, evidências físicas da vida após a morte para aqueles que são céticos em relação ao fato e algumas dessas evidências são as marcas de nascença.

As marcas de nascença são muitas e existem nas mais variadas formas. Podem ser pequenas pintas ou mesmo desenhos que destacam em nossa pele como manchas claras ou escuras desde que nascemos. Para muitos estudiosos, esses sinais de nascença podem ser resultados de experiências em vidas passadas, ocasionados por alguma situação que nos marcou profundamente.

Marca de nascença reencarnação: evidências da vida após a morte

O mais comum é relacionar as marcas de nascença reencarnação com o motivo da morte em vidas passadas. Por exemplo: uma marca de nascença no pescoço poderia indicar uma morte por sufocamento. Enquanto uma marca na região do coração poderia indicar um tiro ou algo do tipo. São traumas tão fortes que permaneceram em mais de uma reencarnação.

Há, ainda, certas deformidades que perpetuam entre uma vida e outra. Por exemplo: alguém que, por algum acidente, perdeu seus dedos das mãos em uma vida pode nascer assim na próxima. Todos esses podem ser sinais (ou não) de marcas e experiências em vidas passadas. Essas podem ser, certamente, evidências físicas da vida após a morte.

Vale a pena investigar se minha marca de nascença reencarnação estão relacionadas?

Cada pessoa é um caso diferente e tem suas próprias vivências e decisões. No entanto, antes de procurar um especialista e agendar uma regressão para descobrir se a sua marca de nascença reencarnação é resultado de algum trauma do passado, é preciso se perguntar qual utilidade isso teria em sua vida. Além de sanar apenas uma curiosidade. Essa reflexão é importantíssima e tem a ver com o que chamamos de Lei do Esquecimento.

Vale a pena investigar se minha marca de nascença reencarnação estão relacionadas?

Antes de falarmos um pouco mais sobre a Lei do Esquecimento, sobre a qual já discutimos em artigos anteriores, é necessário levarmos em conta algo essencial. O processo da regressão pode ser bastante perigoso. Muitos profissionais executam esse tipo de ação sem o preparo necessário e acabam causando mais males ao paciente do que trazendo um auxílio psicológico. É fundamental saber em quem confiar para uma regressão. Já que, nesse procedimento, abre-se um portal sem volta ao passado. Onde podemos descobrir o que muitas vezes ainda não estamos preparados para saber.

Por tudo isso, existe a Lei do Esquecimento. Quando somos crianças, é natural ainda nos lembrarmos de certos aspectos de nossa existência em outros planos e em outras reencarnações. Essas são as chamadas lembranças espontâneas. Por serem naturais, não nos causam nenhum mal. Com o passar do tempo, nos distanciamos cada vez mais de lembranças passadas e passamos a nos concentrar nas oportunidades do presente.

Lei do Esquecimento: é preciso lembrar do passado?

A grande maioria de nós não se lembra de praticamente nada – ou nada – do que viveu em outras vidas. E isso acontece por um motivo. Como nada nesse mundo é por acaso, o fato de não nos lembrarmos de certos acontecimentos tem uma razão. Segundo a Lei do Esquecimento, não nos lembramos de nossas existências anteriores porque isso não é necessário para a nossa jornada atual e seria prejudicial conhecermos todo o nosso passado ou o passado daqueles com os quais convivemos.

É muito comum que espíritos que já estiveram em conflito sejam unidos na mesma família em uma nova encarnação. Nesses casos, a Lei do Esquecimento é fundamental. A convivência sem esse esquecimento seria muito mais difícil. Já que as mágoas são uma neblina escura que obstruem o caminho do amor e do perdão.

Lei do Esquecimento: é preciso lembrar do passado?

Desconhecer nosso passado de outras vidas no momento em que encarnamos é algo essencial. É a Lei do Esquecimento o que permite que uma nova encarnação seja a oportunidade que todos nós temos de começar um novo ciclo. Obviamente, temos ainda que arcar com erros de outras existências. Mas o fato de desconhecermos esses erros ou os erros de nossos semelhantes faz com que o caminho seja mais fácil e menos doloroso.

Antes de entrarmos em uma caçada para descobrir os mistérios da marca de nascença reencarnação, é essencial pararmos para refletir sobre o real motivo que nos levaria a isso e se essa descoberta traria algo útil para a nossa caminhada atual.

Como é o momento do desencarne?

Uma marca de nascença reencarnação, de acordo com alguns estudiosos, é gerada no momento do desencarne. Seguindo os exemplos que demos anteriormente, uma marca de nascença reencarnação resultante de um tiro se forma no momento em que a bala atinge o corpo. Provocando o desencarne. Pensando nisso, é importante falarmos um pouco sobre o momento do desencarne seguindo os ensinamentos da Doutrina Espírita.

Em casos de doença, não são raras as vezes em que o doente apresenta significativa melhora antes de morrer. Isso acontece por intervenção dos espíritos guias pelo seguinte motivo: quando um ser querido está doente, colocamos todas as nossas energias – intencionalmente ou não – pedindo a melhora desse ser. E isso dificulta o trabalho dos guias na hora de auxiliar esse ser a desprender-se de paixões terrestres.

Como é o momento do desencarne?

Não são apenas nos casos de doença. Em todos os desencarnes, os seres são auxiliados por espíritos trabalhadores. A fim de que essa passagem ocorra da forma mais tranquila possível. Quando desencarnamos, voltamos para casa. Na visão espírita, os espíritos – ou seja, nós – habitam o plano espiritual. Por vezes, encarnam na Terra, que é um espaço para seres ainda imperfeitos; o cenário para provas; expiações e missões de todos os tipos. Ao contrário do que muita gente imagina, o momento em que o espírito deixa o corpo não é doloroso.

Assim como continuamos sendo nós mesmo quando chegamos em casa e trocamos de roupa, quando deixamos nosso corpo e ganhamos outro, nossa essência permanece. Esse fato é bonito e consolador: nós, enquanto espíritos, nunca morremos, apenas mudamos de morada.

Outras evidências físicas da reencarnação

Além da marca de nascença reencarnação, alguns estudiosos acreditam que existam outras evidências físicas da reencarnação. Uma dessas evidências é a igualdade de caligrafias. Ou seja: um ser continua escrevendo exatamente da mesma forma como escrevia em vidas anteriores. Hoje em dia, com todos os recursos tecnológicos que temos a nosso dispor, é fácil comparar grafias e confirmar seu autor.

Outra evidência é a semelhança física. Essa é mais rara e ocorre quando uma pessoa acaba tendo semelhanças físicas com o seu corpo de vidas anteriores. É preciso ressaltar que todos os aspectos de nossa vida foram planejados enquanto estivemos no plano espiritual. As pessoas com as quais convivemos; nossa profissão; nossa aparência… esses e muitos outros fatores são pensados e escolhidos por nós, de acordo com nosso merecimento e com o que necessitamos melhorar em nossa jornada.

Empenho

A Doutrina Espírita requer dedicação e disciplina. Para ser espírita essencialmente, é preciso dedicar-se ao trabalho no bem; à caridade; ao desejo de ser melhor a cada dia. E também é necessário dedicar-se ao estudo teórico da doutrina; investigando temas como marca de nascença reencarnação e muitos outros que permeiam a nossa existência terrena.

Se você aprendeu com o artigo de hoje e deseja receber as novidades de outros artigos como esse, inscreva-se no nosso canal. Lá, você encontra artigos sobre os mais variados temas da Doutrina Espírita. Além disso, pode conhecer os nossos audiobooks com lições espíritas para ouvir em casa; no carro ou onde você quiser.

O médium Chico Xavier nos ensinou que “o espírita não é melhor que ninguém, mas tem a obrigação de ser melhor do que já é”.  É uma honra poder seguir aprimorando nossos estudos e conhecimentos espíritas com você, nosso leitor/leitora e irmão/irmã de ideal. Esperamos que o tema de hoje tenha sido útil! Nos encontramos em breve! Para conhecer mais sobre a doutrina, clique aqui.

shadow-ornament



Entrar Para O Grupo De Membros

 seta-direitaQuero Testar! Ouça Agora e Assine! - Novos artigos e lições transformadoras!!

trofeuSou Leonardo, idealizador do Blog Canoro e quero reiterar meu convite.
Além dos artigos do blog, que são baseados nas dúvidas da nossa comunidade, temos artigos espíritas em áudio também, trechos dos livros de Allan Kardec.

  • Toda segunda-feira um resumos dos novos artigos do Portal Espírita Canoro.
  • Lições exclusivas de livros de Allan Kardec em áudio.

Conhecimento, Evolução, Aprendizado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

arrow
shadow-ornament


Referências:

  • Revista Espírita
0 votes
2017-06-23T14:03:37+00:00

New Courses

Informações para Contato

Rua Joaquim Batista Junior, 179 / 201, Názia, Vespasiano - MG

Mobile: +55.31.99696-4049

Web: Canoro Audiobook

Artigos Recentes

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Reforma Íntima DEFINITIVO