O Espiritismo segundo a Bíblia

//O Espiritismo segundo a Bíblia

Você já foi questionado sobre a relação entre a Doutrina Espírita e o espiritismo segundo a Bíblia? Ou sobre o porquê de usarmos o Evangelho Segundo o Espiritismo e não a Bíblia em si? Essas indagações, irmãos de ideal espírita, são muito comuns. É preciso acostumar-se a elas e, principalmente, saber respondê-las sob a luz do espiritismo. Pensando nisso, nossa conversa de hoje é sobre o espiritismo segundo a Bíblia.

O Brasil é, hoje em dia, a nação com o maior número de pessoas adeptas à Doutrina Espírita e essa tendência parece crescer ano após ano. Em 2000, éramos 2,3 milhões de espíritas brasileiros. Em 2010, esse número foi para 3,8 milhões. Provavelmente, nos últimos sete anos, esses dados devem mostrar que o espiritismo chegou a muitas outras pessoas e corações.

Como consequência desse crescimento, a Doutrina tem despertado maior curiosidade em quem ainda não é espírita. Se é verdade que o Brasil é o país com o maior número de espíritas, também é sabido que, ainda hoje, são muitos os casos de intolerância religiosa em relação ao espiritismo. Saber esclarecer assuntos polêmicos, como o do texto de hoje, é uma forma de combater preconceitos.

Saber Mais

O Evangelho Segundo o Espiritismo é a Bíblia Espírita?

O Evangelho Segundo o Espiritismo foi publicado pela primeira vez em 1864, por Allan Kardec – o fundador do espiritismo. É uma das principais obras da Doutrina e é, ao mesmo tempo, a mais polêmica para quem não conhece o espiritismo. Por isso, para conversarmos sobre espiritismo segundo a Bíblia, antes, é preciso falar sobre o Evangelho Segundo o Espiritismo.

Se você já ouviu que o Evangelho é “a bíblia espírita”, não se engane: isso não é verdade. O espiritismo tem como base os livros da Codificação e em nenhum momento Kardec falou sobre a necessidade ou intenção de que existisse uma Bíblia Espírita.

No Evangelho, é lançado um olhar espírita sobre os chamados “Evangelhos Canônicos”, presentes na Bíblia Cristã. Esses tais evangelhos trazem atos sobre a vida de Jesus Cristo, contam alguns dos famosos milagres atribuídos a ele e, principalmente, os ensinamentos morais de Jesus, que são a base da Doutrina Espírita.

O espiritismo segundo a Bíblia

Muitos acreditam que o Evangelho Segundo o Espiritismo é uma interpretação da Bíblia, mas, na verdade, não é bem assim. Segundo Kardec, o Evangelho surge pela necessidade de ressaltar certos pontos da Bíblia, pontos esses que são universais e podem ser aplicados em todo o mundo e por todos nós. Trata-se, portanto, de transmitir trechos da Bíblia, comentados por guias espirituais que nos ajudam a entender o conteúdo.

O Evangelho Segundo o Espiritismo define a essência religiosa do espiritismo que, como sabemos, é uma Doutrina que reúne religião, ciência e filosofia para estudar o destino e a natureza dos espíritos.  Esse é um livro de orientações que os guias espirituais concederam a todos nós.

O espiritismo segundo a Bíblia

O espiritismo é considerado por muitos como uma “religião não-convencional”. Isso acontece porque muitas pessoas têm uma opinião pejorativa e acabam julgando a Doutrina sem conhecê-la. Ainda hoje, há quem pense que o espiritismo é como os filmes ou literatura de ficção, em que o diálogo com os guias acontece de modo caricatural.

Em outras palavras, quando falamos “espiritismo”, muitos imaginam exorcismos, mesas que flutuam, vozes estranhas e outros itens do tipo. No entanto, poucos sabem que o espiritismo é, antes de tudo, uma doutrina que prega o amor, a caridade e os ensinamentos de Jesus.

O Evangelho Segundo o Espiritismo é a Bíblia Espírita?

Pode-se dizer que o espiritismo é “não-convencional” quando nos referimos ao fato de que, ao contrário de outras religiões, não necessita templos, imagens ou rituais. É uma religião/doutrina que se pratica em qualquer lugar e momento: fazendo o bem e agindo segundo os valores morais que temos em nossas mentes.

Quando buscamos a expressão “espiritismo segundo a Bíblia” na internet, somos direcionados para páginas que condenam a Doutrina e, para isso, usam passagens da Bíblia. Essa “discussão”, além de pouco proveitosa, não acrescenta em nada nossa trajetória rumo ao progresso e estudo. Por isso, nosso texto foca em entender essa relação por uma visão puramente conceitual, longe de polêmicas ou assuntos que não trazem conhecimento.

É verdade que a Bíblia condena o espiritismo?

Essa pergunta parece descabida quando convivemos somente com irmãos de ideal. Fora desse círculo, há aqueles que acreditam que o espiritismo segundo a Bíblia é algo condenável, até mesmo um “pecado”. Muitas pessoas que sofrem pelo desencarne de algum ser querido ou de alguma perturbação de cunho espiritual às vezes deixam de buscar ajuda na Doutrina devido a esses rumores. E é por isso que falaremos deles aqui.

É verdade que a Bíblia condena o espiritismo?

Alguns espíritas dedicaram seu tempo a fim de verificar o que a Bíblia realmente diz sobre o Espiritismo. Para isso, consultaram centenas de versões do Livro Sagrado, recorrendo, inclusive, às versões no idioma original. Feito isso, não existe nenhuma passagem em que a Bíblia condena o espiritismo. Até porque o espiritismo surgiu como doutrina muito tempo depois da Bíblia, mais de 4 mil anos depois, para sermos mais exatos.

Não é preciso ler todas as versões da Bíblia para saber que, nela, há passagens importantes (e numerosas) sobre reencarnação e existência de outros planos além do terrestre. É necessário ressaltar que há uma enorme distância entre um contexto e outro (o da Bíblia e do Espiritismo), por isso, a linguagem, os exemplos e situações podem ser diferentes, ainda que abordem os mesmos assuntos.

O espiritismo é uma religião cristã?

Oras, o espiritismo não tem templos e não há hierarquia religiosa. Podemos dizer que é uma religião cristã? Todos nós que conhecemos e praticamos a Doutrina sabemos que os valores que regem o espiritismo são cristãos. Afinal, vocês conhecem maior exemplo de amor ao outro e caridade que o próprio Jesus?

Como já dissemos no começo da nossa conversa, o espiritismo é uma doutrina religiosa. Talvez a Doutrina incomode tanto porque tem a coragem de falar sobre temas como o desencarne, a existência de vidas passadas, a reencarnação, a lei da ação e reação. No espiritismo, as penas não são eternas e absolutamente todos os seres são passíveis de evoluírem. Aliás, esse é o propósito: “progredir sempre, tal é a Lei”. Mais que compreender o espiritismo segundo a Bílblia, é importante praticar os valores e a refoma íntima em nosso ser.

Os valores do espiritismo

Saber o que é o espiritismo segundo a Bíblia não é essencial. Conhecer os valores da Doutrina e aplicá-los dia após dia, sim.

São muitos os valores que guiam a Doutrina Espírita, todos pautados no amor ao próximo, no exercício da caridade pura, no trabalho no bem, na disciplina e no autoconhecimento. Conforme os ensinamentos trazidos pelos espíritos a Allan Kardec, que, hoje, fazem parte da Codificação Espírita conhecida em todo o mundo ocidental, os espíritos estão em constante evolução, até atingirem níveis de pureza e felicidade plena. E os valores que nos guiam existem, justamente, para que possamos seguir nossa jornada rumo à evolução e alcançar esses níveis de pureza e felicidade.

Para essa trajetória, nós, espíritas, acreditamos na Reforma Íntima como ferramenta evolutiva. Praticar a Reforma Íntima é trabalhar em nós mesmos a fim de abandonarmos vícios, maus pensamentos, más ações… É praticar o autoconhecimento e tentarmos, a cada dia, modificar algo que nos incomoda em nós mesmos para, assim, nos amarmos mais e amarmos também o nosso próximo.

Para entender os valores da Doutrina, é importante conhecer o que adotamos como “Leis Morais”. E é sobre isso que falaremos no tópico seguinte.

As Leis Morais do Espiritismo

Para falar sobre espiritismo segundo a Bíblia, seja com quem form é fundamental conhecer a Doutrina, seus valores e ensinamentos. Por isso, vamos falar sobre as chamadas “Leis Morais”.

 As Leis Morais são a união das três revelações: Moisés, Jesus e a Doutrina Espírita. São essas leis que guiam os espíritos – encarnados e desencarnados – e ensinam a praticar o bem, a caridade e o trabalho. As Leis são:

Lei de Adoração – Essa Lei se refere, sobretudo, à oração. Quando se fala em “adorar”, surge o sentido do divino. No espiritismo, adorar é ter Jesus como fonte de ajuda e exemplo, acreditar nos Guias e em Deus.

Lei do Trabalho – Para entender essa Lei, não se deve confundir trabalho com emprego. Alguns trabalham e não têm emprego; outros têm emprego e não trabalham. Trabalho, para o espiritismo, são ações que promovem o bem: a nós mesmos e, principalmente, ao outro. Trabalhar é servir com humildade, é instruir-se, é praticar a reforma íntima.

Lei de Reprodução – Essa lei se refere à reencarnação. Mostra a necessidade de purificação do Espírito e sobre a importância que a reencarnação exerce na escala evolutiva. Quando encarnados, os espíritos passam por provas e expiações, aperfeiçoando suas falhas, resolvendo pendências com seus irmãos e progredindo.

Lei de Conservação – Depois da vida, todos sentimos intuitivamente a necessidade de progredir e aperfeiçoar e é sobre isso que se trata essa lei. Pode ser interpretada de diversos modos, mas está intimamente relacionada à existência do espírito, à existência de algo que, como muitos creem, não se perde com o desencarne.

Lei de Destruição – A destruição está relacionada ao desencarne, à morte. É necessária para que novos corpos apareçam, mais inteligentes e mais evoluídos. E é o caminho para que todos os seres possam se renovar e crescer. É a renovação e melhoria dos seres vivos.

Lei de Sociedade – Todos os indivíduos têm responsabilidade para com os outros seres humanos. Segundo a Doutrina, isolar-se não é o caminho. Os homens e mulheres crescem a partir do convívio. E por mais difícil que seja, é em comunidade que a evolução acontece.

Lei de Progresso – Todos os seres tendem a progredir. Cada um a seu tempo e com um caminho diferente, mas o progresso é o destino e o objetivo de todos os espíritos, encarnados e desencarnados.

Lei de Igualdade – Embora os espíritos estejam em graus de pureza e elevação diferentes, todos partiram de um mesmo ponto. Essa tendência (à igualdade) surge pela necessidade de progresso. Quando todos alcançarem a elevação plena, serão iguais.

Lei de Liberdade – Quanto maior for a obediência à lei de Deus, maior a liberdade dos seres humanos. Aqui, entra o livre-arbítrio. Como nos ensinou o médium Chico Xavier, todos somos livres para plantarmos o que desejarmos. Mas seremos reféns das consequências de nossos atos e escolhas.

Lei de JustiçaAmor e Caridade – É a mais importante e resume as leis anteriores. É impossível falar em espiritismo sem esses três parâmetros. A caridade plena é, basicamente, fazer ao outro aquilo que gostaríamos que nos fosse feito e jamais agir com intenção de causar dano. O amor é a base de tudo e é a solução para todos os males e vícios.

Conhecer e aprofundar-se na Doutrina Espírita é uma oportunidade de termos contato com orientações que nos levam a um caminho de alegrias;, trabalho e realização. É a porta para reformarmos hábitos, escolhas e tudo aquilo que nos causa mal. Esperamos que esse artigo tenha sido útil  e que suas dúvidas sobre o espiritismo segundo a Bíblia  tenham sido sanadas.

Se você deseja estudar o Evangelho e outros livros da Doutrina, assim como ler artigos como este sobre espiritismo segundo a Bíblia, sugerimos que conheça os audiobooks da Canoro. Essas lições em áudio são ideais para ouvir no carro, durante a caminhada ou antes de dormir.

Até a próxima leitura!

shadow-ornament



Entrar Para O Grupo De Membros

 seta-direitaQuero Testar! Ouça Agora e Assine! - Novos artigos e lições transformadoras!!

trofeuSou Leonardo, idealizador do Blog Canoro e quero reiterar meu convite.
Além dos artigos do blog, que são baseados nas dúvidas da nossa comunidade, temos artigos espíritas em áudio também, trechos dos livros de Allan Kardec.

  • Toda segunda-feira um resumos dos novos artigos do Portal Espírita Canoro.
  • Lições exclusivas de livros de Allan Kardec em áudio.

Conhecimento, Evolução, Aprendizado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

arrow
shadow-ornament


Referências:

  • O Livro dos Espíritos
  • Bíblia
  • O Evangelho Segundo o Espiritismo

 

0 votes
2018-04-26T06:23:59+00:00
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Reforma Íntima DEFINITIVO