O que é doutrina religiosa e como ela funciona?

//O que é doutrina religiosa e como ela funciona?

O espiritismo pode ser definido como uma doutrina religiosa. Esta, contudo, não é a única religião a ser definida desta forma. O que não seria um problema se não houvesse uma associação negativa no conceito. Compreender o que é doutrina religiosa ajuda não apenas a ser mais tolerante sobre outros ensinamentos como entender ainda mais sobre o espiritismo.

Toda religião e não apenas o espiritismo é uma doutrina. Todas possuem seus ensinamentos base para serem propagados aos membros e necessários para estudo e disseminação de uma religião.

Saber Mais

O que é doutrina religiosa ?

O primeiro passo para entender o que é doutrina religiosa é compreender o conceito de doutrina. A palavra provém do grego “doctrīna”. Segundo o Dicionário Aurélio da língua portuguesa, doutrina é definida como uma “reunião de preceitos básicos que compõe um sistema”. Esse sistema pode ser religioso, político, econômico, dentre outros.

O que é doutrina religiosa ?

O termo é muito amplo e por isso é comum ouvir ao longo dos ensinamentos históricos a palavra doutrina em diversos momentos. O conceito principal é ser uma reunião de princípios básicos os quais podem ser ensinados a outras pessoas e por isso temos em muitos momentos na história da humanidade as doutrinas. Um bom exemplo de uso do termo é “doutrina do direito”, o estudo das leis as quais regem um sistema como o Código Penal Brasileiro.

Qualquer reunião de ideias pode ser considerada doutrina? Na verdade apenas se forem com uma única finalidade e de uma única questão. Um grande exemplo é a doutrina espírita a qual possui como conceito básico a eternidade do espírito e com isso a vida após a morte do corpo material e possibilidade de reencarnação.

Para que serve a doutrina?

Compreendendo o que é doutrina religiosa como um conjunto de ensinamentos de uma determinada temática fica mais fácil entender qual a sua finalidade: ensinar esses conceitos. É passar adiante o conhecimento para outras pessoas compreenderem e seguirem.

Todo tipo de conhecimento necessita de uma base de ensinamentos, dos conceitos básicos para serem compreendidos e apreendidos. Existe a conhecida fé cega: quando você acredita em tudo sem conhecer mais afundo. E existe a aqueles os quais compreendem e aceitam os ensinamentos de um determinado grupo ou seguimento e para isso serve a doutrina. Ela serve para reunir os conhecimentos para que mais pessoas pensem como quem criou a doutrina e passar adiante.

Para que serve a doutrina?

A doutrina e compreender é a base de conhecimento de um grupo o qual pensa semelhante e segue esses conceitos e deve ser propagada entre todos os seus seguidores e novos membros. Por isso é comum a associação de doutrina como religião, pois neste tipo de doutrina todos os membros de uma Igreja seguem a mesma doutrina.

Algumas das funções de uma doutrina são:

  • Organizar os pensamentos de um grupo ou sistema;
  • Estudo – seja de um grupo social, de uma religião, de um momento histórico, dentre outros;
  • Propagar o conhecimento – passar adiante para novos membros aderirem.

Não existe uma forma única de como o conhecimento da doutrina será passado adiante. Pode ser em livro mas também em palestras, em livretos, panfletos ou qualquer outra plataforma a qual garanta que todo o conhecimento siga adiante sem ruídos. Hoje temos o livro como uma excelente  plataforma para compreender o que é doutrina religiosa e passar adiante os ensinamentos, mas já foi pergaminho, pregações públicas e assim por diante.

E o que seria doutrina religiosa?

Entendendo mais sobre doutrina por si só é mais fácil compreender o sentido de o que é doutrina religiosa. Se uma doutrina é o agrupamento de ensinamentos sobre uma crença ou qualquer outro tipo de ensinamento a ser propagado entre os demais seguidores, a doutrina religiosa é a reunião de ensinamentos de uma determinada religião.

Seguindo a definição informada acima fica um pouco mais fácil compreender uma informação a qual muitos líderes religiosos ignoram: todas as religiões possuem uma doutrina. Como o espiritismo foi definido por Allan Kardec em seu nascimento e em O Livro dos Espíritos como uma doutrina, muitos comunicadores transmitem a ideia de apenas o espiritismo ser uma doutrina. Não é verdade.

E o que seria doutrina religiosa?

Se todas as religiões possuem princípios a serem ensinados e seguidos para todos os membros, então todas possuem doutrina. Podem ser mais extensas, divergentes mas não deixam de ser doutrina. Protestantismo, os mórmons, o induísmo, o catolicismo… e assim por diante, todas tem doutrinas as quais seus membros estudam ou escutam os seus ensinamentos.

Toda religião possui seus fundamentos os quais a diferenciam das demais. Não importa se o líder entende o que é doutrina religiosa ou não, ele possui uma doutrina e a ensina aos demais e assim consegue mais membros ou mantém todos informados sobre os princípios básicos a serem compreendidos e seguidos.

Doutrina religiosa e dogma

Doutrina religiosa seria os dogmas de uma religião? Também, mas não apenas isso. Os dogmas são os conceitos básicos a serem seguidos de uma religião e os quais são invioláveis e inquebráveis. Outra forma de definir seriam as regras de uma religião, seja ela com seus ritos realizados em igreja, tempo, centro espírita ou qualquer outro espaço.

Apesar de serem vistos como mais severos os dogmas não mudam nada em relação à o que é doutrina religiosa. Eles são ensinamentos base de uma religião e todos os membros devem estar de comum acordo com eles. Afinal, não vale fazer parte de um grupo o qual não acredita em seus ensinamentos ou apenas em parte. É preciso seguir à risca e não parcialmente.

Doutrina religiosa e dogma

O diferencial entre dogma e doutrina religiosa seria a forma como os dois são usados. Enquanto a doutrina pode ser objeto de estudo e pode ser modificada ou ampliada, os dogmas não podem ser modificados. São verdades absolutas as quais não é permitido alterações entre seus membros.

Um dos maiores exemplos históricos para citar são os dogmas da igreja católica. São regras imutáveis da igreja as quais perduram séculos. Chegaram até os homens por meio de revelações divinas e são imutáveis. Os líderes religiosos determinam quais os dogmas e estes são seguidos por todos os membros do catolicismo.

Outras religiões compartilham de dogmas ou verdades absolutas. O espiritismo tem os seus e um deles é a eternidade do espírito. O espírito criado por Deus é eterno e imutável, vivendo além do corpo material entre os irmãos desencarnados. Esse ensinamento faz parte da doutrina espírita e não pode ser modificado porque é tido como verdade absoluta, revelação dos espíritos de luz para Allan Kardec em reunião mediúnica e não mutável.

Qualquer um pode criar uma doutrina

Parece estranho ler esta afirmação porque temos a ideia de uma doutrina ser criada apenas por grandes personagens da história, grandes pensadores, quando na verdade ou não. Qualquer um pode reunir uma compilação de ensinamentos base e propagar entre mais pessoas. Sabendo afundo não o que é doutrina religiosa é possível criar uma doutrina.

Em diversos momentos da história da humanidade tivemos grandes líderes criando doutrinas. Algumas não tão boas para os irmãos encarnados e disseminando o ódio, mas outras fundamentais para e evolução a qual chegamos hoje do sistema de trabalho e companheirismo.

Qualquer um pode criar uma doutrina

Para alguns o capitalismo não é uma das melhores doutrinas impostas porque privilegia algumas classes sociais, mas a mudança econômica a qual gerou no mundo fez da doutrina capitalista uma das mais importantes dos últimos 200 anos. Formulada em 1947 por Friendich August, ela tirou o controle econômico do Estado (governo) e tratou das relações econômicas de forma simples e de acordo com o trabalho de cada um. Houve um enorme estímulo na economia e com isso o Estado apenas começou a tratar do lado social do seu povo.

Os perigos de uma doutrina religiosa

O grande problema de criar e entender o que é doutrina religiosa é que nem sempre homens de boa fé fazem isso. E ai surgem alguns problemas famosos historicamente e em muitos momentos responsáveis por uma infinidade de problemas de tratamento para com os irmãos encarnados.

A reunião de conhecimentos e seguidores para formar uma doutrina nem sempre possui uma finalidade positiva e interesses próprios. Um exemplo está em nossos colegas de continente, os Estados Unidos. O movimento conhecido como Ku Klux Klan criado um pouco depois da abolição da escravidão no país foi responsável por uma infinidade de morte de negros em diversas regiões dos EUA.

O Ku Klux Klan é um movimento extremista teve três momentos na história norte americana. Em 1860, ressurgindo em 1915 e em 1950. A principal ideia era garantir a supremacia branca e impedir os negros de direitos civis. Foram responsáveis por assassinatos de milhares de negros. Usavam máscaras para não relevar a autoria dos membros e disseminavam a doutrina do movimento em reuniões secretas em locais informados apenas aos membros para garantir o anonimato.

Este não é o único momento histórico em que uma doutrina teve resultados negativos na história. Ninguém ainda esqueceu o enorme massacre judeu na década de 40 durante o nazismo onde campos de concentração incineravam corpos aos montes em nome da supremacia ariana. A ‘solução final’ (como foi chamado o maior massacre da história) não fazia parte dos dogmas originais da doutrina nazista mas foi aceito como consequência das prisões dos judeus.

Os perigos de uma doutrina religiosa

Existem ainda registros de muitos casos de bons comunicadores conhecendo muito bem o que é doutrina religiosa e se aproveitando da necessidade do ser humano de acreditar em algo criando seitas não benéficas e usando a religião como base. O norte americano Victor Arden Barnard é um dos maiores exemplos de uma seita criada em benefício próprio.

O líder religioso criou no Minnesota, nos Estados Unidos, uma pequena comunidade onde todos os membros viviam isolados. Por lá ele era o Deus, o pai e o grande representante da visão divina na Terra. A comunidade apelidada de River Road Fellowship tinha cerca de 180 membros. Mas 10 garotas seriam as ‘sortudas’ para viver com ele. Com idade entre 10 e 14 anos, seriam suas amantes. O que fez o líder ser enquadrado como pedofilia e preso tempos depois. Em caso semelhante temos a seita mais recente conhecida como Ordem ou Grupo de Kingston pregando a poligamia com jovens menores de idade.

Por que casos como esses acontecem? Porque infelizmente o ser humano é falho. Somos criados por Deus com o propósito de aprender mas nascemos espíritos simples e ignorantes. E ao longo das reencarnações vamos aprendendo com nossos erros. Enquanto isso, a jornada de aprendizado é longa mas sempre evolutiva.

Alguns seres humanos compreendem um pouco mais sobre o seu potencial de atrair seguidores e usam doutrinas para disseminar conhecimento. É livre o direito de criar uma doutrina ou dogmas e tentar conseguir seguidores. E carentes de amor e atenção como somos, sempre surgem interessados em se aproveitar dos demais.  Usando o entendimento de o que é doutrina religiosa para isso.

Doutrinas religiosas ajudam a humanidade a evoluir

Na mesma moeda temos casos de doutrinas usadas negativamente. Uma longa história da humanidade sobre o quanto a fé ajudou na evolução. A maior prova disso foi a vinda de Jesus para a terra. Assim como os conhecimentos disseminados por ele. Uma doutrina de amar a Deus e seus irmãos que é base de uma infinidade de religiões.

As doutrinas religiosas ajudaram em diversos momentos a evolução do homem. Foi graças ao surgimento do espiritismo no século 19 que muitas pessoas puderam compreender o sentido das vozes ouvidas. Assim como mensagens dos espíritos sem associar a bruxaria. E em séculos anteriores as doutrinas ajudaram a compreender a morte, ajudar os entes queridos e o próximo.

A história provou que não é necessário saber o que é doutrina religiosa para seguir uma doutrina. Muitos seguiram religiões por acreditarem em seus ensinamentos e isso fez muito bem ao povo sem sua época. A fé moveu exércitos em busca de defender suas terras. Defender seu Rei de invasão. Até hoje serve de conforto para os seguidores. Possui seus méritos.

Para conhecer mais sobre a doutrina espírita, acesse nosso site!

shadow-ornament



Entrar Para O Grupo De Membros

 seta-direitaQuero Testar! Ouça Agora e Assine! - Novos artigos e lições transformadoras!!

trofeuSou Leonardo, idealizador do Blog Canoro e quero reiterar meu convite.
Além dos artigos do blog, que são baseados nas dúvidas da nossa comunidade, temos artigos espíritas em áudio também, trechos dos livros de Allan Kardec.

  • Toda segunda-feira um resumos dos novos artigos do Portal Espírita Canoro.
  • Lições exclusivas de livros de Allan Kardec em áudio.

Conhecimento, Evolução, Aprendizado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

arrow
shadow-ornament


Referências:

  • O Evangelho Segundo o Espiritismo
  • Revista Espírita
0 votes
2017-05-26T22:27:15+00:00

New Courses

Informações para Contato

Rua Joaquim Batista Junior, 179 / 201, Názia, Vespasiano - MG

Mobile: +55.31.99696-4049

Web: Canoro Audiobook

Artigos Recentes

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Reforma Íntima DEFINITIVO