Os pontos principais da doutrina espírita

Tempo de leitura: 12 minutos

O espiritismo é considerado uma religião relativamente nova. Se compararmos com outras como o hinduísmo (século VII antes de Cristo); o catolicismo; e o protestantismo, uma religião com pouco mais de 100 anos é realmente nova. Por isso é chamada por alguns de “moderna”. E ainda tem muito a ensinar para a humanidade, uma vez que muitas lendas envolvendo o kardecismo confundem quem não conhece os pontos principais da doutrina espírita.

Ser espírita não é apenas acreditar em vida após a morte. É saber que somos muito além de um corpo material, de uma vida na Terra e ajudar ao próximo não é apenas doar itens de valor.

Saber Mais

O espiritismo é uma religião?

Esta é uma pergunta muito comum. Por isso muitas pessoas não entendem os pontos principais da doutrina espírita. A confusão se deve pela definição de Allan Kardec, autor dos cinco principais livros sobre o espiritismo. O pedagogo francês define o espiritismo como uma “doutrina fundada sobre a existência, manifestações e o ensino dos espíritos”. Esta declaração está nas primeiras páginas de O Livro dos Espíritos. Primeira obra publicada de sua autoria em 1857.

Os pontos principais da doutrina espírita

O espiritismo seria considerado uma doutrina no sentido que ele reúne um conjunto de ideias a serem transmitidas com fundamento. Esse conjunto de ideologias como doutrina pode se referir à política; religião; economia, dentre outras áreas. O marxismo, por exemplo, é uma doutrina. Entra aqui como conhecimentos religiosos sobre um universo muito além do corpo o qual ocupamos hoje.

Podemos concluir, portanto, que o espiritismo é uma religião porque possui uma série de fundamentos ideológicos a serem transmitidos entre os demais seguidores da mesma linha de pensamento. E todas as religiões possuem uma doutrina. Por exemplo: um dos pontos principais da doutrina espírita é acreditar em reencarnação. Isso é explicado e passado adiante entre todos os frequentadores de um centro espírita. Já os católicos difundem como doutrina a crença em um céu e inferno e assim por diante.

Contudo, o espiritismo também é considerado por alguns estudiosos uma ciência. A existência do ser sem um corpo material, apenas de matéria e energia, é um motivador de pesquisas há mais de uma centena de anos. Estudos realizados no Brasil com Chico Xavier em reuniões mediúnicas tinham como proposta provar a existência do perispírito em fotografias. Seria então o espiritismo uma doutrina, ciência e religião em um único conjunto de conhecimentos.

Os espíritas acreditam em Deus

Um dos principais pontos principais da doutrina espírita é acreditar em Deus como o pai de todos. Criador do universo o qual vivemos. Este é um ponto em comum entre a doutrina espírita e muitas religiões como o catolicismo; protestantismo; adventistas, dentre outras.

A pergunta de número 1 do Livro dos Espíritos feitas por Allan Kardec aos irmãos desencarnados que se dispuseram a revelar informações do além plano material deixa claro que Deus é o ser soberano de todas as coisas. “Deus é a inteligência suprema, causa primária de todas as coisas” (Kardec, Allan, Livro dos Espíritos, cap. 1).

Os pontos principais da doutrina espírita

E como seres materialistas os quais somos, é comum exigir uma prova da existência do ser supremo. Infelizmente ao nosso grau de inteligência inferior enquanto seres mortais, limitados  em aprendizados, não existe comparativo para provar a sua existência. Os espíritos também deixam claro em sua resposta: “Num axioma que aplicais às vossas ciências: não há efeito sem causa. Procurai a causa de tudo o que não é obra do homem e vossa razão vos responderá.” (Kardec, Allan, Livro dos Espíritos, cap. 1).

Para crer na existência de Deus o autor e estudioso Allan Kardec explica a necessidade de crermos em suas criações. Temos a prova concreta ao nosso redor da existência de um criador, um ser supremo para tornar tudo possível.

A existência de um mundo material e imaterial

O corpo material (o qual conseguimos tocar, possibilita a respiração e observar o ambiente ao redor) é apenas um dos planos possíveis de viver para a criação divina. Um dos pontos principais da doutrina espírita é existir um outro mundo muito além da matéria, sem a necessidade de comer regularmente, beber água ou ir ao banheiro quando as necessidades fisiológicas assim pedirem.

Os espíritos revelaram a Allan Kardec no século 19 a existência de um plano espiritual. O grande médium Jesus já havia afirmado isso em sua passagem na Terra em diversos momentos, sobre um local onde todos viveriam em paz e harmonia como irmãos ao lado do Pai. As revelações posteriores são apenas mais provas de um mundo espiritual.

Para entender os pontos principais da doutrina espírita além da matéria é preciso entender o conceito de espírito. O corpo o qual ocupamos hoje é formado por matéria, um meio para o espírito exercer a sua função. Ele é limitado em suas funções e atividades e existência, podendo chegar a alguns anos mas não uma vivência eterna.

Os pontos principais da doutrina espírita

O espírito, em contrapartida, é formado de energia vital. A definição do Livro dos Espíritos, na pergunta de número 23, é que o espírito é “O princípio inteligente do universo”. Ele é independente da matéria, tendo portanto, vida eterna depois de sua criação por Deus. Logo, se o corpo é limitado e o espírito não, existe uma vida muito depois de abandonar o corpo material.

A formação do espírito é de fluido universal. Não há comparativos no mundo material para este tipo de energia, podendo se assemelhar à união de fluído elétrico, magnético e mais alguns elementos presentes no universo e ainda desconhecidos para a inteligência humana.

O mundo imaterial, o qual viveremos quando abandonar a matéria, não possui objetos tal qual conhecemos hoje. Não possui matéria morta e com duração pré determinada. Ele é formado de energias vitais desconhecidas no plano terreno e com isso não obedece ao nosso tempo de duração.

O conceito de alma e como ela se forma

 Muitas religiões usam o termo “alma” para designar os sentimentos ou o que vive dentro do corpo material. Um dos pontos principais da doutrina espírita é diferenciar espírito de alma.

A alma é um espírito encarnado envolto pelo corpo material. Ela abandona o corpo quando ele padece, ou seja, quando chega o seu limite de estadia no plano terreno. Mas quando a morte do corpo vem ela não continua sendo alma, torna-se espírito pleno.

É correto dizer que o corpo aprisiona a alma porque ela fica preso enquanto se dá a reencarnação. Enquanto encarnado o espírito não pode deixar de ser alma e partir para o plano espiritual e voltar quando desejar. Ele terá uma existência entre os irmãos de fé em um corpo, família e laços de amizade e sanguíneos, mas não pode desfrutar do direito de ir e vir.

Essa é uma regra divina comum a todos os espíritos, independente do seu grau de evolução. Não se pode deixar o corpo repousando, visitar o plano espiritual ou sua antiga casa na colônia  voltar. É comum enganar-se quanto a isso acreditando ser uma boa noite de sono uma oportunidade para o espírito vagar entre os mundos. Pode haver comunicação entre os desencarnados neste estado, mas não uma mudança de plano.

Os espíritos não são todos iguais

Assim como entre os encarnados existem diversos graus de inteligência, um dos pontos principais da doutrina espírita é entender as diferenciações entre os diferentes graus de evolução dos espíritos. Quando alcançam seu estado pleno de aprendizado são chamados de ‘espíritos de luz’ ou ‘espíritos superiores’, podendo reencarnar em missões para ajudar uma comunidade em especial.

Os pontos principais da doutrina espírita

Os diferentes graus de evolução dos espíritos podem ser visualizados de acordo com suas experiências e condutas morais enquanto encarnados. Alguns são repletos de boas ideias, ajudar ao próximo e costumam amar a todos sem distinção. Temos bons exemplos como Dalai Lama, Madre Tereza, Chico Xavier, dentre outros irmãos que se tornaram conhecidos pelas suas pregações de paz e harmonia.

Enquanto outros são considerados espíritos de classes inferiores, os quais foram tomados em seu livre arbítrio por condutas amorais e anti éticas. São inclinados a se satisfazer das principais amoralidades como inveja, rancor, ódio, dentre outras. O ditador Adolf Hitler é um enorme presente e sempre citado na bibliografia, disseminando a supremacia entre as raças e causando milhares de mortes de judeus.

O importante de saber sobre os pontos principais da doutrina espírita é serem todos irmãos de fé e imperfeitos. Estão buscando seu processo de evolução e aprendizado em cada vivência na Terra, sempre dando um passo à frente.

O espírito pode voltar a ter um corpo material muitas vezes

Um dos pontos principais da doutrina espírita considerado mais polêmico para outros líderes religiosos é a reencarnação. Por permissão de Deus um espírito pode desencarnar e voltar ao mundo dos vivos quantas vezes for necessário a seu processo de aprendizado e evolução.

O corpo material é passageiro, já o espírito é eterno. Depois de concluir a sua fase de aprendizado ganhará o direito de viver entre os espíritos de luz sendo ele mesmo um espírito superior, ajudando no mundo além matéria, outros irmãos desencarnados ou cumprindo missões. Mas enquanto não se alcança o estágio máximo de aprendizado poderá voltar muitas vezes para a terra.

A reencarnação é vista como um dos pontos principais da doutrina espírita e o mais importante. É um privilégio das leis divinas para se alcançar o estágio máximo de aprendizado, sendo permitido nas vivências reparar os erros, passar por expiação e prova e andar um passo adiante no processo evolutivo.

Os pontos principais da doutrina espírita

E para ampliar ainda mais os conhecimentos, é necessário entender o que seria expiação e prova. Expiação para o kardecismo significa reparar os erros. Um exemplo é ter sido um péssimo marido em uma existência e causando o sofrimento de uma determinada mulher e voltar como seu filho para reparar o erro de uma má conduta moral.

Já a prova é passar por uma provação. Pode ser a necessidade de passar por um grande sofrimento na Terra para compreender um pouco mais sobre os desígnios divinos. Um homem doente condenado em uma cama pode estar passando por uma prova escolhida por ele mesmo para a sua reencarnação.

A reencarnação pode acontecer quantas vezes for permitido e necessário para o espírito, podendo ser seguida ou demorar milênios para acontecer. O tempo no plano espiritual não conta como o relógio terreno de acordo com os movimentos da Terra ao redor do sol.

Pontos principais da doutrina espírita

Jesus em sua passagem entre os encarnados deixou ao longo de suas vivências mensagens de diversas formas e um único significado: amar aos outros como a ti mesmo. Presente em muitas religiões, a caridade é um dos pontos principais da doutrina espírita mais propagados pela religião e seguido em todos os centros espíritas.

Para os espíritas existem dois tipos de caridade: a moral e a material. A caridade material já conhecemos por meio de obras como um dos pontos principais da doutrina espírita a serem propagados entre pessoas de qualquer religião. A campanha do quilo para arrecadar alimentos é uma delas. Tento a arrecadação de roupas usadas para doação de alguns centros, doação de sopa, dentre outras formas. É tentar ajudar na dor física dos irmãos encarnados porque somos todos filhos do mesmo pai.

Caridade Moral

Já a caridade moral significa em suportar uns aos outros enquanto vivos independente da fé. É entender o outro em sua dor e o confortar com palavras, indo muito além de apenas entregar-lhe um prato de comida. É um amor incondicional e uma união mental.

A caridade moral é muito mais valiosa para o aprendizado espiritual. Muitos conseguem doar alimentos pontualmente. Até valores altos para ajudar nas obras de caridade do centro espírita o qual frequentam. Contudo, não possuem uma palavra de conforto a um amigo em situação de estresse extremo; não respeitam os pais; marido ou esposa e vivem em ambientes onde a moral e a ética não são respeitados.

A caridade moral é um dos pontos principais da doutrina espírita. Costuma confundir muito os que não compreendem e não estudam o espiritismo kardecista. Não significa não fumar e não beber ou não trair a esposa ou ainda não roubar. Estes são apenas alguns pontos importantes de uma conduta moral positiva, mas não todos. É também o respeito para com o outro. Saber ajudar quando solicitado ou não e seguir os preceitos divinos e éticos em todos os momentos de sua vida.

Engana-se quem pensar fazer doações pontualmente aos centro espíritas ou ao amigo da campanha do quilo seria o suficiente para garantir a caridade moral e vida eterna como espírito de luz. O comportamento também influencia em um grande percentual. Atitudes positivas e não negar conhecimento a quem necessita são passos importantes em busca da evolução quando se trata de caridade. Não apenas a doação de bens materiais.

Para conhecer mais sobre a doutrina espírita, clique aqui.

shadow-ornament



Entrar Para O Grupo De Membros

 seta-direitaQuero Testar! Ouça Agora e Assine! - Novos artigos e lições transformadoras!!

trofeuSou Leonardo, idealizador do Blog Canoro e quero reiterar meu convite.
Além dos artigos do blog, que são baseados nas dúvidas da nossa comunidade, temos artigos espíritas em áudio também, trechos dos livros de Allan Kardec.

  • Toda segunda-feira um resumos dos novos artigos do Portal Espírita Canoro.
  • Lições exclusivas de livros de Allan Kardec em áudio.

Conhecimento, Evolução, Aprendizado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

arrow
shadow-ornament


Referências:

  • Livro dos Médiuns
  • Livro dos Espíritos
  • Revista Espírita
0 votes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.