Como Saber Os Sinais de VIDAS PASSADAS AMOR Eterno! Definitivo!

//Como Saber Os Sinais de VIDAS PASSADAS AMOR Eterno! Definitivo!

Existe uma maneira de saber os sinais de amor de vidas passadas? Um amor da vida passada pode ser um amor eterno (vidas passadas amor eterno)? E quando encontramos alguém com quem nos identificamos logo no primeiro olhar serão vidas passadas amor à primeira vista? Nesse artigo Caroliny Anache investiga essa e outras questões, trazendo a luz todos esses temas e exibindo relatos de vidas passadas para melhor esclarecimento. Veremos também a controvérsia entre Kardec e Emmanuel causada pela teoria das Almas Gêmeas.

Boa Leitura, Editor.

Saber Mais

Como Saber Os Sinais de VIDAS PASSADAS AMOR Eterno! Definitivo!

Saber os sinais de vidas passadas amor eterno é um assunto que desperta interessa em grande parte dos irmãos de ideais espíritas. A sensação é de que precisamos caminhar junto com alguém para que a vida se torne mais leve e plena, não é mesmo?!

Agora o mais importante:

Ser uma pessoa melhor é difícil? Os espíritos disseram a Kardec que não é, então o que falta? O que faltava era o método. Aprenda o método da Senda Espírita do Homem de Bem.


vidas passadas amor

Entendemos que existem almas afins, independente de qual seja a relação entre si, existem almas que possuem uma grande afinidade de energia. Neste artigo você vai entender de forma mais profunda a existência de vidas passadas amor eterno. E o que o espiritismo vidas passadas amor de alma tem a dizer sobre o assunto.

Vidas passadas amor a primeira vista, existe?

Imagine que você encontra uma pessoa e logo de primeira já sente que a energia ‘bateu’, que teve uma ‘química’ diferente ou até mesmo você já sentiu tudo isso e acabou se casando com essa pessoa. Será que esta pode ser uma pessoa que você já teve uma relação de amor profundo em outra vida? Você sentiria um conforto em saber que existem vidas passadas amor a primeira vista?

Segundo o Livro dos espíritos, de Allan Kardec, existem os espíritos simpáticos ou afins, que são aqueles que possuem o mesmo grau evolutivo e que partilham das mesmas ideias e pensamentos. Que possuem uma afinidade profunda.

Dessa forma há a possibilidade de existir vidas passadas amor a primeira vista, se essas almas partilham da mesma reforma íntima. Lembrando que, para o espiritismo não há metades que se completam, pois somos seres inteiros, há apenas irmãos espirituais com a mesma vibração de energia, podendo assim, formar um elo forte.

Vidas passadas amor a primeira vista, existe?

Vidas Passadas Amor A Primeira Vista

É possível reconhecer alguém que você amou muito em vidas passadas, mas não ser um cônjuge, e sim um amigo, filho, irmão ou amante, como relata a médium Maria Silvia Orlovas, do site Somos Todos Um. E mesmo que a relação de vidas passadas amor a primeira vista seja de um parceiro amoroso, você está sujeito a se entregar e se doar integralmente e não ser recíproco, o que exigirá de você muita compreensão, aceitação e desprendimento.

No plano espiritual entende-se como vidas passadas amor a primeira vista, não somente o amor conjugal, mas o amor de almas afins.

Planejamento e Escolha

Há também a possibilidade de que no plano espiritual tenha acontecido um planejamento para que duas pessoas que tiveram um amor de vidas passadas se encontrem na Terra.

Divaldo Franco afirma que por termos o livre arbítrio podemos escolher dar continuidade aos afetos de outras vidas ou até mesmo escolher ficarmos sós. Podemos, por exemplo, ter feito um planejamento no plano espiritual, mas durante a vida terrena escolhermos outro caminho.

Pode ocorrer também de não haver nenhum encontro amoroso planejado, mas acontecer um encontro casual de almas afins que acabam se casando.

Dessa forma, caro irmão de ideal espírita, podemos concluir que existe vidas passadas amor a primeira vista, mas que podem ser associados tanto a um relacionamento conjugal quanto em outros tipos de relacionamento, pois como vimos, é o grau de elevação espiritual dos dois que vai definir a intimidade compartilhada.

De acordo com Emmanuel, não existe limitações para o amor e as almas afins se engrandecem repartindo suas alegrias, seus dons, sua luz com toda a humanidade. A ideia é partilhar amor com todos, tendo como resultado final no mundo espiritual a união com os seres perfeitos.

Para esclarecer melhor, transcrevo um trecho do capítulo 6 do Livro dos Espíritos, questão 298:

298 – As almas que devem unir-se estão predestinadas a essa união desde a origem e cada um de nós tem, em alguma parte do universo, sua metade à qual um dia fatalmente se unirá?

Resposta: Não. Não existe união particular e fatal entre duas almas. A união existe entre todos os Espíritos, mas em diferentes graus, de acordo com a categoria que ocupam, ou seja, de acordo com a perfeição que adquiriram: quanto mais perfeitos, mais unidos. Da discórdia nascem todos os males humanos; da concórdia resulta a felicidade completa.

 

Vidas passadas amor eterno – qual a visão espírita?

Como você viu, sabemos que as pessoas se unem por afinidade. Logo, a expressão vidas passadas amor eterno nos faz entender que haverá uma união eterna se ambos continuarem progredindo com os mesmos ideais.

Vidas passadas amor eterno – qual a visão espírita?

Você pode estar se perguntando se a pessoa com quem se casou é de vidas passadas amor eterno. Ou você pode estar procurando uma pessoa de vidas passadas amor eterno.

Devemos ter em mente que o espiritismo nos esclarece que não há duas pessoas que foram exclusivamente destinadas a estar juntas eternamente, mas sim que podem ter muitas virtudes em comum, por um longo tempo ou por curto tempo.

Ao longo das encarnações, o espírito pode ter contato com inúmeras almas afins e não a mesma sempre, desde que ambos estejam em grande sintonia.

O objetivo da nossa vida terrestre é aprender a amar a todos incondicionalmente e isso inclui aqueles que convivemos em qualquer encarnação, seja qual for o grau de relacionamento. Se pensarmos de forma óbvia, seria fácil amar aquele que possivelmente seria seu amor eternamente.

Existe sim uma identificação de alma para alma, mas não significa que será eternamente, pois um dos dois poderá evoluir mais ou menos, o que acarreta em uma falha de nivelamento, uma baixa sincronicidade. Vale ressaltar ainda que mesmo com almas afins podemos ter atritos, pois há sempre o que aprender sobre paciência, compreensão e respeito.

Ainda no capítulo 6, na questão 300 e 301 do Livro dos Espíritos, há as seguintes explicações:

300 – Dois espíritos perfeitamente simpáticos, uma vez reunidos, o serão pela eternidade, ou podem se separar e se unir a outros?

Resposta: Todos os espíritos são unidos entre si. Falo daqueles que atingiram a perfeição. Nas esferas inferiores, quando um espírito se eleva, já não tem mais a mesma simpatia por aqueles que deixou para trás.

301 – Dois espíritos simpáticos são o complemento um do outro, ou essa simpatia é o resultado de uma identidade perfeita?

Resposta: A simpatia que atrai um espírito ao outro é o resultado da perfeita concordância de suas tendências, de seus instintos; se um tivesse que completar o outro, perderia sua individualidade.

O termo vidas passadas amor eterno pode ser esclarecido como um encontro predestinado entre duas almas que possuem uma missão juntas e que marcaram um retorno ou vários retornos para realizarem tarefas que lhes são comuns. Neste encontro terreno pode haver uma ressonância do amor vivido em outras vidas.

Como saber os sinais de amor de vidas passadas?

Você aprendeu que podemos nos reencontrar com amores de vidas passadas, que na verdade são nossas almas afins, e que podem ter ou não uma relação romântica ou conjugal.Como saber os sinais de amor de vidas passadas?

Posso imaginar que você queira comprovar os sinais de amor de vidas passadas que possivelmente podem surgir ou já surgiram em sua vida.

Vou apresentar 5 sinais que vão abrir a sua mente para possíveis sinais de amor de vidas passadas:

Sinais de amor de vidas passadas 1  A sintonia e comunicação são aguçadas

Para identificar se você encontrou um amor de vidas passadas, preste atenção se vocês estão partilhando dos mesmos pensamentos e atitudes, quase na mesma hora. Praticamente um lê o pensamento do outro. Ou acontecem muitas coincidências entre o casal.

Exemplos: Pode ser que por algum motivo vocês se afastem, mas várias situações os trazem para ficarem juntos sem que tenham premeditado. Ou mesmo vocês partilham de um mesmo pensamento quase na mesma hora, como quando você pensa na pessoa e ela te liga.

Sinais de amor de vidas passadas Vocês possuem uma química inexplicável

Vocês podem sentir uma atração física muito forte, mas essa atração vai muito além de sexo. O fato de segurar a mão da pessoa já lhe causa uma sensação incrível. Dormir junto, assistir um filme, abraçar ou qualquer coisa que você faça com ela te traz uma energia muito forte, boa, alegre e reconfortante.

Sinais de amor de vidas passadas 3 – A visão de mundo e de futuro são iguais

Quando você percebe que os valores, a visão e os sonhos entre vocês são muito parecidos, este pode ser um dos sinais de amor de vidas passadas. Claro que vocês podem não concordar com detalhes, mas se as coisas mais importantes estão de acordo e não entram em conflito, suas almas são afins.

Sinais de amor de vidas passadas 4 – Há compaixão entre os dois

Quando vocês possuem uma capacidade de tolerar o defeito um do outro, quando perdoam as imperfeições. Quando não se julgam e conversam sobre o que não agrada sem julgamentos e com calma e paciência pode significar que vocês já resolveram questões mais pesadas em outra vida e nesta vida já estão mais maduros. Ao contrário também pode acontecer, como no seguinte sinal.

Sinais de amor de vidas passadas 5 – Quando a pessoa te desafia a evoluir

Nem sempre acontecerá de ser tudo perfeito. Pode haver relacionamentos em que a outra pessoa desafia todas as suas emoções, para te colocar a prova e gerar lições mais fortes para a sua alma evoluir. O vínculo entre vocês pode se reforçar, tornando-os mais unidos nas dificuldades que tenham um com o outro, o que gera aprendizados individuais. Treine sua mente para enxergar a oportunidade de aprender com essa pessoa e também ensinar.

 

Relatos de vidas passadas

O amor é a força que movimenta o Universo, é a maior força que existe. Quando o Ser Superior planeja o acontecimento de encontros em vidas terrenas, não há outra força que impeça esse encontro.

Costumamos ver inúmeros relatos de vidas passadas que são descritos por pessoas que dizem ter encontrado sua alma gêmea e se encontraram de forma engraçada, desajeitada e até surpreendente e assim formaram um casal por toda a vida. São encontros inusitados que muitas vezes não tinha nada a favor para dar certo, mas mesmo assim dá super certo.

Relatos de vidas passadas

No site Somos Todos Um, há vários relatos de vidas passadas. Um deles é de uma adolescente, que desde seus 16 anos, sonhava com um rapaz toda noite e sentia uma forte conexão, que era inexplicável, um amor por alguém que ela nem conhecia e nem conseguia ver o rosto.

Ela só sabia que acordava feliz quando sonhava com ele. O rapaz sempre dizia no sonho que precisava ir embora. Aos 19 anos, em uma festa, ela o conheceu. Neste momento ela teve a mesma sensação que sentia no sonho e disse que o conhecia. Também foi recíproco da parte dele. Mas infelizmente ele morava em outra cidade e disse que precisava ir embora. Eles namoram hoje à distância, mas ele planeja começar a faculdade na cidade dela.

Esses relatos de vidas passadas se confirmam como tal pelo fato de existir uma forte conexão entre duas pessoas que nunca se viram (ao menos nesta vida), e não se explica com palavras terrenas.

Há outros exemplos de que existem almas afins em que um dos dois está em um grau de evolução acima do outro e não totalmente em sintonia em todas as situações.

Relatos de vidas passadas de Emmanuel

Uma história muito famosa, que contém grandes relatos de vidas passadas é a história de Emmanuel, psicografada por Chico Xavier, contada no livro “Há dois mil anos”, que continua a ser contada também no livro “50 anos depois”.

Em um de seus relatos de vidas passadas, suas encarnações como Públio Lêntulus, Emannuel era um senador romano e tinha aquela postura de autoridade, de dirigente, típica de um militar. Ao contrário, sua esposa Lívia, era uma moça doce e amorosa. Eles tinham uma filha chamada Flavia, que foi curada da Lepra por Jesus.

Em alguns poemas que criou, Públio se referia a sua amada como alma gêmea. Mas por ser um homem orgulhoso, acreditou em boatos sobre uma possível traição de sua esposa e ficou 25 anos afastado da vida conjugal.

Ela, como cristã, não o condenou, não o questionou e manteve sua lealdade, ao contrário dele. Um tempo depois ela trocou de roupa com uma escrava para morrer no lugar dela e testemunhar Jesus. Públio estava ao lado do imperador quando a viu e a reconheceu pelo olhar. Já não havia mais o que fazer, os leões estavam soltos.

Anos depois, idoso, cego e amargurado o senador Públio desencarna em Pompéia, porém voltado aos princípios de Jesus, que no início havia negado. No livro há o relato dele no mundo espiritual: “o velho patrício contemplou a figura radiosa da companheira e, extasiado, fechou os olhos banhados no pranto da compunção e do arrependimento […]”.

Emmanuel, contou a Chico Xavier que visitava Lívia (que nunca mais reencarnou) aos domingos em um plano espiritual mais elevado para também purificar-se da baixa energia da Terra.

No livro O Consolador, Emmanuel fala sobre alma gêmea:

323 – Será uma verdade a teoria das almas gêmeas?

– No sagrado mistério da vida, cada coração possui no Infinito a alma gêmea da sua, companheira divina para a viagem à gloriosa imortalidade. Criadas umas para as outras, as almas gêmeas se buscam, sempre que separadas. A união perene é-lhes a aspiração suprema e indefinível.

Milhares de seres, se transviados no crime ou na inconsciência, experimentaram a separação das almas que os sustentam, como a provação mais ríspida e dolorosa, e, no drama das existências mais obscuras, vemos sempre a atração eterna das almas que se amam mais intimamente, envolvendo umas para as outras num turbilhão de ansiedades angustiosas; atração que é superior a todas as expressões convencionais da vida terrestre.

Quando se encontram no acervo real para os seus corações – a da ventura de sua união pela qual não trocariam todos os impérios do mundo, e a única amargura que lhes empana a alegria é a perspectiva de uma nova separação pela morte, perspectiva essa que a luz da Nova Revelação veio dissipar, descerrando para todos os espíritos, amantes do bem e da verdade, os horizontes eternos da vida.

324 –Existe nos textos sagrados algum elemento de comprovação para a teoria das almas gêmeas?

– Somos dos primeiros a reconhecer que em todos os textos necessitamos separar o espírito da letra; contudo, é justo lembrar que nas primeiras páginas do Antigo Testamento, base da Revelação Divina, está registrada: “e Deus considerou que o homem não devia ficar só”.

“A alma gêmea não é essa das metades eternas, é da alma perfeitamente identificada”, comenta Divaldo Franco sobre a referência de alma gêmea citada por Emannuel no livro “O Consolador”.

Divaldo ressalta que somos “gêmeos no sentido afetivo profundo, seríamos idênticos nas aspirações e nos completaríamos uns aos outros, mas sem nos esquecer da coletividade geral, pois se não ficaríamos no privilégio do amor exclusivo e abandonaríamos o mundo necessitado do nosso amor”.

Conclusão

Somos seres espirituais tendo uma experiência em um corpo (matéria). E no fim das contas tudo que temos que aprender é sobre amar incondicionalmente a humanidade, sem distinção. Para isso devemos ter em mente que mesmo possuindo uma parceria de uma alma com grande afinidade, devemos amar ao próximo e não nos isolarmos neste amor de almas, nos esquecendo do mundo.

Podemos sim ter alguém que caminhe na evolução do espírito junto conosco, tendo neste elo mais força para continuar a jornada. Cabe a nós saber usufruir desse presente do Universo.

Para ficar atualizado de novos artigos como este, se inscreva em nossa newsletter e conheça também nossos audiobooks com grandes histórias espíritas.

Um abraço fraterno!

 

shadow-ornament



Entrar Para O Grupo De Membros

 seta-direitaQuero Testar! Ouça Agora e Assine! - Novos artigos e lições transformadoras!!

trofeuSou Leonardo, idealizador do Blog Canoro e quero reiterar meu convite.
Além dos artigos do blog, que são baseados nas dúvidas da nossa comunidade, temos artigos espíritas em áudio também, trechos dos livros de Allan Kardec.

  • Toda segunda-feira um resumos dos novos artigos do Portal Espírita Canoro.
  • Lições exclusivas de livros de Allan Kardec em áudio.

Conhecimento, Evolução, Aprendizado

Insira o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

arrow
shadow-ornament


Referências

  • O livro dos espíritos – Allan Kardec
  • https://www.youtube.com/watch?v=uygHu7qx27w
  • http://blog.mundomaior.com.br/04/11/2013/espiritismo-e-relacionamentos/
  • https://www.youtube.com/watch?v=zR4OqnLTiEI
  • http://somostodosum.ig.com.br/clube/artigos/autoconhecimento/sera-um-encontro-de-vidas-passadas-45415.html
  • http://www.forumespirita.net/fe/audio-video/divaldo-franco-fala-sobre-almas-gemeas/#.WJTiolMrLIU
  • http://www.verdadeluz.com.br/almas-afins/
  • http://www.luzdaserra.com.br/o-encontro-de-duas-almas
  • http://www.huffpostbrasil.com/2014/07/07/alma-gemea-amor_n_5564933.html
  • https://paulapires.com.br/almas-afins/
  • http://www.oconsolador.com.br/linkfixo/bibliotecavirtual/chicoxavier/oconsolador.pdf
2 votes
2018-12-05T08:08:42+00:00

New Courses

Informações para Contato

Rua Joaquim Batista Junior, 179 / 201, Názia, Vespasiano - MG

Mobile: +55.31.99696-4049

Web: Canoro Audiobook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Reforma Íntima DEFINITIVO