Superando os desafios da Reforma Íntima – O que aprendi – Parte 06

/, Leonardo Martins Gonçalves, Superando os desafios da Reforma Íntima/Superando os desafios da Reforma Íntima – O que aprendi – Parte 06

Superando os desafios da Reforma Íntima – O que aprendi – Parte 06

O objetivo deste artigo é trazer esclarecimentos sobre o livro espírita Superando os desafios da Reforma Íntima”, do escritor espírita Leonardo Martins Gonçalves da editora Canoro Audiobook.

Eu Angélica Weise, jornalista e mestre pela UFSM, li o livro e deixo aqui comentários e reflexões sobre este livro que certamente me ajudou a colocar em prática, os ensinamentos do autor, e que também espero que seja importante para você!

Entre os assuntos abordados neste texto, e que irão esclarecer as suas dúvidas estão:

Agora o mais importante:

Ser uma pessoa melhor é difícil? Os espíritos disseram a Kardec que não é, então o que falta? O que faltava era o método. Aprenda o método da Senda Espírita do Homem de Bem.


  • Você conversa corretamente?
  • Não fale o que não acrescenta
  • Fale humildemente
Saber Mais

Você conversa corretamente?

Superando os desafios da Reforma Íntima

Busque escutar a conversa do outro enquanto ele fala

Essa perece ser uma pergunta muito simples. Muitos acreditam que sim. Principalmente quem possui estudo, tem em mente que sabem falar corretamente, mas quando fazemos uma reflexão nem sempre isso acontece.

Por isso, que a leitura desse livro me fez refletir profundamente. Vamos ao primeiro exemplo, que aparece no livro. Primeiro, comece a pensar sobre as suas atitudes diárias em conversa com as pessoas. Depois, pense em uma conversa com desconhecido.

Você encontrou alguém na fila do supermercado. Algo que aproxima para um conversa parece ser a reclamação não é mesmo? Seja para reclamar da fila, do calor, do governo, dos impostos. Fica a reflexão, que qualidade tem essa conversa?

Mas porque o falar corretamente é importante para a nossa reforma íntima? Há diversos estudos que dizem que é sim possível escolher melhor nossa forma de agir, e com base nesses estudos criamos a senda.

De forma simples, o que é o correto falar? É falar bonito e difícil? Ou falar coisas bonitas? Para puxar uma conversa com um desconhecido, deixe de lado expressões negativas. Como disse Jesus, “como nós sendo maus diríamos boas coisas”?

A mesma ação vale para quando vamos encontrar alguém ou fazer um comentário. Se não for algo bom a dizer, talvez seja melhor ficar quieto, e pensar muito bem antes de falar. Reflita antes: esse comentário será útil na vida da pessoa?

Não fale o que não acrescenta

Essa frase é profunda porque acrescenta outro aprendizado que tive com o livro. Claro que você já a ouviu, mas é sempre bom lembrar. ”Se você não encontrar nada de bom para dizer é melhor que se cale”. Sabe aquelas palavras que falamos sem pensar? E que não irão acrescentar em nada na vida da pessoa? Então é melhor ficar quieto.

E muito cuidado ao se reunir com alguém, acabarmos falando mal de uma determinada pessoa ou grupo. Este hábito deveria ser cortado. Mesmo que as pessoas se reúnem por diversos motivos, é normal durante a conversa acabar falando dos outros.

Superando os desafios da Reforma Íntima

Uma vez em que, além de não ser um hábito saudável, podemos muitas vezes passar uma informações distorcida sobre uma pessoa. Compreenda que nem sempre o senso comum, a decisão do grupo, é a mais correta. Por vezes, podemos condenar alguém sem conhecer a pessoa e isso não é nada interessante para a nossa evolução aqui na Terra.   O senso comum não está sempre correto.

Hoje com tantas informações, é mais fácil agir sem impulso. De certo modo, temos mais condição de agir conforme o que é certo sem dependermos de julgar o comportamento alheio. Com tanta tecnologia disponível, com certeza podemos escolher melhor as fontes de informação que nos influenciam.

O mesmo vale quando alguém chama você para criticar ou falar mal de alguém. Apenas escute, e a pessoa logo verá que você não está interessada na conversa. Ao invés disso, pega como exemplo e se deixe influenciar por coisas positivas. Que tal se deixa influenciar por um livro positivo, por uma palestra iluminativa, por um amigo consciente? Busque essas ações.

Cada vez mais pessoas estão buscando evoluir através da reforma íntima. O círculo de pessoas que estão predispostas a buscar o autoconhecimento é grande. Veja como exemplo, os inúmeros cursos de autoconhecimento disponíveis pelo Brasil. Todos lotam!

Fale humildemente

Falar humildemente é uma das lições apresentadas na obra espírita. Compreendi que o falar humildemente vai muito além da fala. Significa se reconhecer como parte da humanidade, e mais do que isso, que existem pessoas com as quais podemos aprender a evoluir.

E se você já falou algo errado, não se sinta culpado. Peça desculpas. Por isso, a lição do ser O Conspícuo. “O conspícuo não faz piadas de mau gosto e não emite comentários preconceituosos, essas duas atitudes por si só já seriam suficientes para uma profunda mudança”.

Superando os desafios da Reforma Íntima

De forma resumida, ele pensa antes de emitir uma opinião e quando não tem opinião formada sobre o assunto ele diz, “eu não tenho uma opinião sobre o assunto”.

Não é mesmo uma bonita atitude? Portanto, se você não sabe ou não quer falar mal de alguém ou um assunto, fique em silêncio e diga que não tem opinião formada. Isso é transformador para a sua evolução. Aproveite essa lição e também reflita sobre os seus comentários, se são preconceituosos ou não.

No livro constam preconceitos que acabamos tendo diariamente, mas que colocando em prática a humildade, o pensamento, e correto falar podemos abandonar:

Preconceito religioso.

 Preconceito racial.

 Preconceito de classe social.

 Preconceito cultural.

 Preconceito sexual.

 Preconceito físico.

Superando os desafios da Reforma Íntima

De forma básica, antes de fazer qualquer comentário, sempre reflita se de fato ele irá ajudar na transformação e na evolução da outra pessoa. E outra lição apresentada em ” superando os desafios da reforma íntima ” é sobre o silencioso. Com essa lição aprendemos a falar sem preconceitos, decidindo não usar a palavra quando não será útil.

Já conheceu alguém que é silencioso em suas palavras?  O silencioso é alguém que aprende que existem momentos para falar e momentos para se calar. Porém, isso não quer dizer que ele sempre ficará em silêncio, mas vai falar quando é necessário. Nesta hora o bom senso deverá ser a sua medida para saber quando calar e quando falar.

Assim, aprenda a colocar o silêncio em prática. Você pode ter certeza que irá crescer em suas ações. Até porque evoluir é como subir a escada, devemos dar um passo de cada vez.

Aprenda a Calar

Por exemplo, é muito mais comum acabarmos falando o que não deveríamos. Dessa forma, se faz importante aprender a calar para aprender depois a falar com mais acerto. Em outras palavras, “ Aprenda a se calar quando não puder auxiliar”.

Profundo não é mesmo? Superando os desafios da reforma íntima vai depender de todos os seus esforços. Em outras palavras, somente você é capaz de transformar a sua jornada!

No livro espírita Superando os desafios da Reforma Íntima”, do escritor espírita Leonardo Martins Gonçalves fica claro a importância da sintonia. Sendo assim, compreenda a importância que tem o correto falar. É um exercício diário. Pense sobre a qualidade de suas conversas.

Em conclusão, continue acompanhando o blog Canoro para conhecer e ler artigos que são baseados em trechos dos livros de Allan Kardec.

Para conhecer mais audiolivros espíritas e entender como ir superando os desafios da reforma íntima, clique AQUI.

2 votes
2018-12-04T00:29:36+00:00

New Courses

Informações para Contato

Rua Joaquim Batista Junior, 179 / 201, Názia, Vespasiano - MG

Mobile: +55.31.99696-4049

Web: Canoro Audiobook

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
Reforma Íntima DEFINITIVO



O Livro dos Médiuns

Ouvir

O Livro dos Médiuns